Portal do Governo Brasileiro

Evento aborda gestão e marketing no futebol maceioense

Participação é gratuita; interessados precisam se inscrever
Por: Thâmara Gonzaga - jornalista - 13/09/2018 às 09h39 - Atualizado em 14/09/2018 às 13h55
context/imageCaption

Arte de divulgação

Dados de uma pesquisa da Ufal sobre times e torcedores maceioenses serão apresentados durante o evento Desafios e oportunidades para a gestão e o marketing no futebol em Maceió, no dia 3 de outubro, das 19h às 22h, no auditório do Conselho Regional de Administração de Alagoas (CRA/AL). 

Administradores, estudantes de administração, profissionais do futebol, da comunicação, bem como demais pessoas que se interessem pelo tema podem participar. As inscrições são gratuitas e devem ser feitas clicando aqui. 

De acordo com o professor do curso de Administração da Ufal e organizador do evento, André Carneiro, “a pesquisa é inédita e será um divisor de águas para o marketing esportivo no futebol, trazendo para a discussão informações que até então eram do senso comum”. 

Segundo o pesquisador, o trabalho focou nos torcedores da capital e ouviu 2.099 maceioenses, entre 19 de julho a 17 de agosto de 2018, com um nível de confiança de 95% e margem de erro de 2,21% para mais ou para menos. 

“Além da apresentação dos dados, será realizada uma mesa-redonda com a participação de membros dos dois principais clubes de Maceió, CRB e CSA, bem como integrantes da Federação Alagoana de Futebol, da imprensa esportiva e de anunciantes do futebol”, acrescenta o docente. 

Sobre a pesquisa

Coordenada pelo professor André Carneiro, com o apoio dos estudantes das disciplinas de Pesquisa de Marketing, Seminários 1 e 8, “a pesquisa objetivou descrever o perfil do torcedor de futebol de Maceió, buscando compreender os clubes preferidos, seus hábitos de mídia e padrões de consumo”. 

“O estudo traz informações importantes para os clubes e empresas que utilizam do esporte para desenvolver estratégias de marketing, pois apontará, além dos clubes preferidos pelos maceioenses, como os torcedores disponibilizam sua audiência na TV, no rádio, na internet e nas redes sociais, além de apontar as marcas anunciantes do futebol mais lembradas, bem como as que eles consomem”, pontua o decente.

A pesquisa, explica Carneiro, traz uma análise detalhada sobre os torcedores em relação ao Programa Sócio Torcedor de seu time, trazendo indicadores de satisfação e de NPS (Net Promoter Score). “São dados que poderão servir de base para reposicionar o programa com os sócios, além de trazer os motivos pelos quais alguns torcedores ainda não se associaram e o que eles apontaram que o fariam ser sócios do seu clube”, detalha.