Estandes atraem alunos que farão Enem 2019

As formas de aprendizagem práticas e descomplicadas de formulas, reações e conceituações, favorecem o aprendizado dos alunos do ensino médio
Por: Shara Elaine - estudante de Relações Públicas - 28/07/2018 às 10h09 - Atualizado em 28/07/2018 às 10h09
context/imageCaption

Estande lotado para as atividades

Uma das atrações mais procuradas da SBPC Jovem, os estandes fixos do show da física, química e biologia atraiu um público de diversas áreas, mas principalmente estudantes do ensino médio. As apresentações com exibições práticas e descomplicadas despertaram e motivaram, especialmente, os alunos que realizarão a prova do Enem 2019.

As demonstrações foram realizadas pelos discentes da Universidade, dos cursos de Física, Química e Biologia, monitores da Usina Cência da Ufal, que têm como missão contribuir para a alfabetização científica e a melhoria do ensino de ciências em Alagoas por meio de ações educativas.

Jaíne Ribeiro, estudante de Físcia, descreve o que pode ser visto no show da física: “Energia cinética, estática, eletricidade, energia por contato. A maior parte é energia, mas a gente mostra temperatura e ainda o plasma que é o quarto estado da matéria”. E acrescenta: “É importante que todo mundo veja que a física não são meros cálculos, e que a gente precisa dela para construir coisas”.

Já no show da química foram realizados experimentos, como reações químicas, separações de misturas, assuntos relacionados sobre densidade, equilíbrio entre outros tema. “O contato com a esfera estudantil é uma experiência única, da qual vou levar para a sala de aula. A gente tem tirado dúvidas da melhor forma possível, tentando explicar e trazer para o nosso cotidiano, daquilo que também é visto em casa, mas que eles não compreendem de forma prática’’ afirmou a estudante de Química Josenice dos Santos.

Sobre o show da biologia os assuntos mais vistos foram baseados em um roteiro de anatomia humana, trabalhando a parte de fisiologia, mostrando as funções dos sistemas, como o esquelético e o sanguíneo e ainda, microbiologia com os microrganismos e fungos. Lizandra Brandão, estudante de Biologia da Ufal enfatiza que uma das funções é a de auxiliar na alfabetização da ciência. “Essas aulas visam ajudar na construção do conhecimento científico desses estudantes, podendo ter contato com equipamentos como o microscópio, que mesmo sendo algo básico, muitos não têm acesso”, destacou.

É possível assistir outras aulas como as mostradas durante a SBPC Alagoas agendando uma visita à Usina Ciência, localizada na rua Aristeu de Andrade, nº 452, Farol, Maceió Alagoas, telefones (82) 3214-1642 e 32141627 ou através do e-mail: usinaciencia@gmail.com.