Confira os últimos lançamentos da Edufal na última terça (24)

Reitora Valéria Correia destacou importância das publicações durante a reunião da SBPC
Por Marcio Cavalcante, jornalista colaborador
25/07/2018 15h50 - Atualizado em 25/07/2018 às 15h49
context/imageCaption

Lançamentos acontecem no estande da Editora da Universidade Federal de Alagoas (Edufal), na ExpoT&C

A segunda tarde de lançamentos e autógrafos no espaço da Editora da Universidade Federal de Alagoas (Edufal), na ExpoT&C, aconteceu em clima de grande expectativa dos que se fizeram presentes ao evento, nesta terça-feira (24), como parte programação da SBPC realizada na Universidade Federal de Alagoas (Ufal).

Além do vice-reitor José Vieira, que lançou seu título Da autonomia à resistência democrática: movimento estudantil, ensino superior e a sociedade em Sergipe (1950 - 1985), e do professor Fábio Guedes, presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Alagoas (Fapeal), lançando a segunda edição do seu livro Outro modo de interpretar o Brasil: ensaios de administração pública, em parceria com Reginaldo Souza Santos, estiveram também presentes os autores dos livros que resultaram do convênio entre Edufal, Fapeal e Imprensa Oficial.

Os professores Andreas Krell e Douglas de Assis Bastos, organizadores do livro A convenção americana sobre direitos humanos: eficácia e efetividade de suas normas no Direito Brasileiro dividiram a mesa com George  Sarmento e Paulo Gustavo Rodrigues, organizadores de A tutela dos direitos humanos e garantias fundamentais no pacto de São José da Costa Rica.

 Já a Profa. Alessandra Marchioni apresentou Acesso à moradia e exclusão social: estudos de caso em Alagoas, uma organização da mesma. Enquanto os professores Basile Georges e Blecaute Oliveira Silva apresentaram o título de sua organização: Políticas públicas e direitos humanos - Tomo II. E Jailton de Souza Lira trouxe a público seu livro Educação pública em Alagoas: a ofensiva Neoliberal dos governos Teotonio Vilela Filho (2007-2014).

A reitora Valéria Correia, marcou presença, confirmando as melhorias anteriormente anunciadas para a publicação de novos livros pela Edufal. A diretora da Edufal, Lídia Ramires destacou a importância do edital de publicações da última Bienal do Livro de Alagoas (2017), que possibilitou contemplar diversas pesquisas com a publicação dos seus resultados e contribuições para o desenvolvimento da Ciência em Alagoas. No mesmo contexto, a reitora Valéria Correia, destacou a importância do convênio entre Edufal, Fapeal e Imprensa Oficial Graciliano Ramos na publicação dos livros que estão sendo lançados ao longo da programação da SBPC na Ufal.

“Parabenizamos todos os autores pelos seus trabalhos. É uma satisfação trabalhar nessa colaboração ao publicizar o que produzimos na Universidade, especialmente num momento como esse em que a Ufal se coloca aos olhos do Brasil através da SBPC. É um momento ímpar para a história da nossa universidade”, comemorou a reitora, emendando sob aplausos: “em tempos de contingenciamento de recursos, optamos por priorizar livros”, afirmando que a Edufal terá uma verba de mais de R$ 600 mil para o próximo edital de publicações.

Já o professor Vieira, também coordenador da comissão local da SBPC, observou que ações como o convênio que possibilitou o lançamento dos 60 livros durante a semana da SBPC reforçam o caráter autônomo da universidade, que é o tema central do seu livro ora lançado.

“O meu livro é fruto da minha tese de doutorado, onde eu discuto a partir do Estado de Sergipe, como a sociedade se organizou após a criação de uma universidade. Foi a partir da organização e da federalização do ensino superior que nos últimos 50 anos muitos estados brasileiros se organizaram. E eu mostro isso numa pesquisa de mais de 16 anos que culminou na minha tese de doutorado”, disse Vieira, em alusão à importância de valorizar o trabalho de produção científica e divulgação de pesquisas nas universidades, a exemplo do trabalho desenvolvido há 35 anos pela Edufal.

Fábio Guedes parabenizou a Ufal por ser a anfitriã da 70ª Reunião Anual da SBPC, o maior evento científico da América Latina, destacando que este é um momento “importantíssimo para colocar Alagoas no cenário nacional e mostrar o que fazemos aqui em termos de Ciência”, observou.

“O livros lançados agora, e de excelente qualidade, são uma síntese do que produzimos no campo da Ciência”, felicitou Fábio Guedes ao citar o convênio entre as instituições. “Estamos aqui muito felizes, eu, enquanto professor da Ufal, e também presidente da Fapeal, por essa parceria com a gestão da professora Valéria e do professor Vieira, sentindo a glória e o sucesso de uma cooperação tão rica” concluiu.