Portal do Governo Brasileiro

Abertura da ExpoT&C reúne multidão de amantes da tecnologia

Programação acontece todos os dias das 9h às 18h
Por: Pedro Ivon – estudante de Jornalismo - 23/07/2018 às 17h57 - Atualizado em 23/07/2018 às 18h42
context/imageCaption

ExpoT&C foi aberta nesta segunda-feira

Foi realizada na manhã desta segunda-feira (23), em seu pavilhão na Ufal, a abertura da mostra de ciência, tecnologia e inovação: a ExpoT&C, que sempre ocorre durante as reuniões anuais da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC). O evento icontou com as presenças do atual presidente da SBPC, Ildeu de Castro Moreira, do professor e vice-reitor da Ufal, José Vieira e do ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), Gilberto Kassab.

A mostra de ciência, tecnologia e inovação reuniu vários jovens e adultos amantes da tecnologia de todo o país, interagindo com diversas instituições e observando os diversos projetos apresentados.

Professor, físico e pesquisador pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Ildeu de Castro disse que espera que o evento tenha uma participação intensa dos alunos e dos pesquisadores, tanto da Ufal quanto de outras instituições de Alagoas. “A sociedade brasileira diz que tem que aumentar os recursos para essa área. Infelizmente os representantes dessa mesma população não fazem isso, nem no legislativo e nem no Congresso Nacional. Com exceções, evidentemente”, falou o Físico.

O vice-reitor da Ufal, José Vieira, disse que são várias as dimensões e os impactos da Reunião Anual da SBPC na Universidade. “Há o impacto físico visível da arrumação da Universidade, limpeza, capinagem e iluminação. Há o impacto acadêmico, com a realização de eventos, seminários, conferências, minicursos e apresentação de banners. E há o impacto intelectual de você fazer um evento desses, gerando oportunidade de intercâmbio, de conhecimento, de despertar novos talentos e socializar com a comunidade federal de Alagoas”.

Dentre os vários estandes presentes na abertura da ExpoT&C estava o da própria Ufal, contando com a presença do professor Geraldo Veríssimo, coordenador do Programa de Melhoramento Genético da Cana-de-açúcar (PMGCA), que exaltou a importância do seu projeto. “Se o Brasil é responsável, por exemplo, por grande parte das energias renováveis no mundo e se as variedades RB tem 70%, então o trabalho de pesquisa da equipe do PMGCA tem grande importância nessa matriz energética do país”, ressaltou.

Pedro Henrique, do Instituto Federal de São Paulo (IFSP), estava com uma equipe apresentando alguns projetos de informática e tecnologia assistiva, que visam sempre o baixo custo. O estudante de eletroeletrônica falou sobre a quantidade de projetos que visam não trazer danos ao meio ambiente e com baixo custo podem incentivar alunos no engajamento para um futuro melhor do país.

Cada projeto exposto nos estandes será visto e avaliado. “Os trabalhos já foram pré-selecionados e aí só a critério de classificação para saber quais são os melhores para a gente”, afirmou o avaliador Pedro Silva.

A ExpoT&C ocorrerá até o próximo sábado (28), das 9h às 18h.