70ª Reunião Anual da SBPC proporciona interação de visitantes com projetos inovadores

Evento pode ser visitado até o próximo sábado (28) e é aberto ao público
Por Diana Monteiro, jornalista
26/07/2018 18h00 - Atualizado em 27/07/2018 às 13h49
context/imageCaption

Projetos inovadores trazem mais interação com o público. (Fotos Renner Boldrino)

A oportunidade de conhecer e de vivenciar projetos inovadores na área de ciência e tecnologia tem atraído um grande público à 70ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), que transcorre durante os dois horários até o sábado (28), no Campus A.C. Simões, bairro do Tabuleiro do Martins. Bastante visitado, o pavilhão da conhecida Expotec, que concentra mostra científica e atividades variadas, distribuídas em diversos estandes de órgãos federais e locais, entre patrocinadores e apoiadores, tem disponibilizado programação científica para visitantes de diferentes faixas etárias.

Parceira da Ufal na realização do evento, a Fundação de Amparo de Pesquisa de Alagoas (Fapeal), conectada com o tema Responsabilidade Social trouxe para a Reunião Anual atividades voltadas à realidade local na área de meio ambiente e sustentabilidade com o objetivo de promover reflexão sobre as citadas áreas, assim como conhecimento e aprendizado.

A exibição diária de um vídeo educativo, que mostra quatro animais da fauna subaquática alagoana, como cavalo-marinho, caranguejo-ermitão, ouriço-satélite e peixe-morcego, espécies encontradas no litoral de Maceíó (Ponta Verde) e da conhecida Praia do Francês, no município de Marechal Deodoro, tem despertado curiosidade. O vídeo, que utiliza o recurso denominado de realidade aumentada, leva o visitante a interagir com o ambiente aquático (fundo do mar), habitado pelas citadas espécies.

O estande dispõe de um espaço destinado ao público infantil, homenageando as regiões do agreste e sertão alagoanos, simbolizados pela árvore mulungu, além de oficinas de educação ambiental sobre a responsabilidade do Instituto do Meio Ambiente (IMA), do Estado. Contação de histórias, tendo como personagem principal a ave o mutum das Alagoas, também consta da programação infantil da Fapeal, entre as diversas atividades com foco à preservação do meio ambiente. A exemplo da distribuição de mudas de suculentas e cactus e dos balões biodegradáveis dotados de haste de plástico.

Cadeira Robótica

O sucesso no estande do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e que tem atraído a curiosidade dos visitantes é o projeto inovador do protótipo da cadeira robótica cuja finalidade é ser utilizada por pessoas acometidas de algumas doenças incapacitantes, como a tetraplegia. A cadeira foi desenvolvida por dois alunos, Wilson Campi Júnior e Lucas Reia, do curso de Engenharia Elétrica da USP, de São Carlos, integra o projeto sob a coordenação do professor Marco Henrique Terra, da mesma universidade.

Compõe o protótipo da cadeira robótica um capacete dotado de sensores de eletroencefalograma que emite sinais com as ondas geradas, cujo funcionamento se dá a partir de movimentos que se faz com sobrancelhas, para ligar o motor, para movimentá-la, inclinação da cabeça para frente, para marcha-ré, inclinação para trás e para girá-la, o movimento feito pelo usuário é no sentido do ombro (direito ou esquerdo) a depender qual a direção que se deseja seguir.

Segundo o professor Raphael Montanari, que auxiliou no projeto, o passo seguinte do protótipo, cujo estudo já teve início recentemente, é que a cadeira possa se movimentar só com pensamento do usuário e esta etapa será concluída em julho de 2019. “O primeiro protótipo foi construído em nove meses e o objetivo desse novo ciclo, é adicionar novos sensores para dar mais robustez ao sistema, adaptável para as diversas restrições individuais. A cadeira robótica tem previsão para lançamento no mercado dentro de cinco anos”, frisou o pesquisador.

Atividades variadas

Um dos espaços mais chamativos, imponente e mais visitados da 70ª Reunião Anual da SBCP é o Empório Sebrae de Alagoas, patrocinador do evento, por aglutinar num mesmo local, culinária, artesanato local e mostra de sustentabilidade com uma praça com móveis feitas de papelão, configurando-se em um projeto inovador.

Na área da Expotec, o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), dispõe de mais dois estandes, um deles denominado de Arena de Ideias, que concentra a SBPC Jovem, dotado de programação diversificada destinada a alunos do ensino médio e fundamental. No estande institucional o órgão disponibiliza para os visitantes informações sobre atividades promovidas e consolidadas na área de inovação voltada ao empreendedorismo.