Proex estende prazo de inscrições do Programa de Ações Afirmativas

Estudantes, docentes e técnicos podem se inscrever até dia 16
11/05/2018 às 10h59 - Atualizado em 16/05/2018 às 08h49
context/imageCaption

Arte de divulgação

Ascom Ufal

A Pró-reitoria de Extensão (Proex) por meio do Núcleo de Estudos Afro-brasileiros (Neab), da Universidade Federal de Alagoas, continua recebendo inscrições, até dia 16 de maio, para a seleção de projetos de extensão do Programa de Ações Afirmativas Zumbi e Maninha Xucuru-kariri, denominado Formação para as relações étnico-raciais: ações extensionistas afro-brasileiras e indígenas no estado de Alagoas.

No total, estão sendo disponibilizadas 40 bolsas, com duração de 17 meses, no valor de R$ 400, distribuídas entre o Campus A. C. Simões, com 20 bolsas, 12 para Arapiraca e oito para o Campus do Sertão. Os projetos devem ser coordenados por professores ou técnicos de nível superior da Universidade, com dois bolsistas de cursos de graduação, podendo ainda incluir colaboradores que estudem na Ufal.

Para se inscrever, os coordenadores de cada projeto devem submeter suas propostas no Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas (Sigaa). Elas devem ser relacionadas a comunicação; cultura, direitos humanos e justiça; educação; meio ambiente; tecnologia e produção; ou trabalho.

Segundo o edital, o objetivo da seleção é desenvolver ações de extensão com as populações étnicas alagoanas (negros e indígenas), a fim de promover a conscientização, formação e valorização da capacidade de pertencimento étnico-racial acerca do respeito a essas comunidades diferenciadas, auxiliando na redução das desigualdades e invisibilidades.

A seleção será dividida em cinco etapas. Avaliação dos projetos, indicação dos dois bolsistas, capacitação dos coordenadores e estudantes, mapeamento das ações e apresentação dos projetos aprovados.

Os projetos serão avaliados entre os dias 17 e 21 deste mês e o resultado final permanece previsto para mesma data: 23 de maio.