Portal do Governo Brasileiro

Pró-reitores das universidades federais do Nordeste se reúnem na Ufal

Encontro faz parte de fórum nacional para planejar atividades de 2018 e 2019
01/03/2018 às 09h38 - Atualizado em 02/03/2018 às 14h43
context/imageCaption

Pró reitores se reuniram para avaliar e planejar atividades para os anos 2018 e 2019

Thamires Ribeiro – estagiária de Jornalismo

Os pró-reitores de 18 universidades federais do Nordeste se reuniram para realizar o planejamento estratégico dos anos 2018 e 2019 na reunião do Fórum Nacional de Pró-reitores de Planejamento e de Administração das Instituições Federais de Ensino Superior (Forplad). O evento foi realizado na Universidade Federal de Alagoas esta semana, nos dias 27 e 28 de fevereiro e serviu como uma preparação de pauta regional para o fórum, que acontece no dia 14 de março, no Rio Grande do Norte.

Na ocasião, além do planejamento, os pró-reitores fizeram uma avaliação dos trabalhos conjuntos realizados no último biênio, de 2016 e 2017. O encontro teve um momento de recepção, estudo dos dados coletados e discussão sobre uma linha de ação que possa melhorar a efetividade dos serviços prestados pelas universidades federais.

O pró-reitor de Gestão Institucional da Ufal, Flávio Domingos, destacou a importância desses encontros para as instituições de ensino. “É um trabalho super importante porque aqui a gente dialoga sobre problemas, soluções e boas práticas comuns. Além de compartilhar as experiências de uma universidade que podem ser trazidas para a outra”, ressaltou.

Para a coordenadora regional do Forplad, Niedja Paula Alburquerque, momentos como esses são necessários para que as universidades possam “dividir as preocupações e discutir os assuntos pertinentes às pró-reitorias, em relação ao planejamento e administração”.

Outro ponto importante citado pelos pró-reitores, é a importância de reunir universidades com características diferentes, sejam elas recentes ou tradicionais, para acompanhar o processo de consolidação umas das outras.

“A universidade pública tem um papel fundamental e transformador na área de pesquisa, ensino e principalmente na área de extensão. E nós buscamos ações que vão fortalecer a universidade pública no âmbito do Nordeste e que vão procurar mais eficiência e efetividade das ações que são realizadas”, explicou Thiago Galvão, coordenador nacional do Forplad.