Portal do Governo Brasileiro

Alunos da Iniciação Científica e Tecnológica são indicados para SBPC 2018

Participantes foram selecionados no último encontro dos programas Pibic e Pibiti, em 2017
26/02/2018 às 09h35 - Atualizado em 28/02/2018 às 13h05
context/imageCaption

Melhores trabalhos serão premiados e 80 deles reapresentados na SBPC 2018

Marina Costa e Danielly Bezerra - estudantes de Relações Públicas

A Pró-reitoria de Pesquisa e Pós-graduação da Ufal (Propep) realizará, nos dias 19 e 22 de março, nos campi A.C. Simões e Arapiraca, respectivamente, as cerimônias de entrega de certificados de excelência acadêmica para 123 trabalhos. Eles foram escolhidos como destaques no 27º Encontro de Iniciação Científica e no 10º Seminário do Programa de Bolsas de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (Pibiti/Ufal)

Todas as apresentações foram avaliadas por consultores externos e dentre os 123 projetos premiados com a excelência acadêmica, 80 alunos foram indicados para reapresentar seus resultados na Jornada Nacional de Iniciação Científica (JNIC). O evento é um espaço para pôsteres dentro da programação da 70ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), que este ano acontecerá de 22 a 28 de julho na Ufal, com o tema Ciência, Responsabilidade Social e Soberania.

Também houve indicações para o Prêmio Destaque de Iniciação Científica, uma proposta do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), sendo um reconhecimento específico para os alunos que foram bolsistas do Conselho no Pibic e Pibiti. Esta etapa compreende, ainda, a seleção interna das unidades acadêmicas para a indicação de um aluno de cada grande área de conhecimento (Ciências Exatas, da Terra e Engenharias, Ciências da Vida e Ciências Humanas e Sociais, Letras e Artes).  

Na oportunidade das solenidades de entrega dos certificados, a Propep estará apresentando o novo coordenador de pesquisa, professor Jorge Artur Coelho, assumindo o lugar do professor André Lage, que deixa o cargo para ficar à frente do importante Laboratório de Computação Científica e Análise Numérica (Laccan) da Ufal. O pesquisador destaca que pretende incentivar uma cultura institucional de inovação e internacionalização na pesquisa e na pós-graduação, visto que a Universidade é reconhecida como referência em pesquisa e inovação científicas. "É notável o trabalho feito pelo professor André Lage nas ações de melhoria da CPq e na manutenção e aumento do número de bolsas, mesmo em um período de corte orçamentário. O objetivo, agora, será despertar a vocação científica e incentivar talentos e constituir recursos humanos para pesquisa, contribuindo para a formação científica e qualificação de alunos para a pós-graduação. É uma honra integrar a Propep, agradeço a nossa reitora, professora Maria Valéria, por oportunizar essa experiência e por sua confiança na minha capacidade técnica", comentou o professor Jorge Artur Coelho.

Encontro de Iniciação Científica 

Foram realizadas nos meses de novembro e dezembro de 2017 a 27ª edição do encontro do Pibic e a 10ª do seminário do Pibiti nos três campi da Ufal. Nas ocasiões, avaliadores externos julgaram as apresentações dos projetos desenvolvidos no ciclo 2016-2017 de ambos os programas de iniciação. Para rever a lista de todos os premiados, acesse os portais do Pibic e Pibiti.

Os alunos e seus respectivos orientadores já receberam as instruções da Coordenação de Pesquisa da Propep (CPq) e devem continuar acompanhando as próximas direções em seus e-mails cadastrados. 

Sobre o atual coordenador da CPq

Jorge Artur Peçanha de Miranda Coelho é professor da Faculdade de Medicina (Famed/Ufal), possui mestrado e doutorado em Psicologia Social pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB) e atualmente é consultor Cespe/UnB  e Copeve/Ufal. Ele auxilia na área de instrumentos psicométricos para avaliação psicológica e desenvolvimento, e manutenção de Banco de Itens em avaliações educacionais e seleções. Em 2015, foi consultor Unesco para avaliação da formação de alfabetizadores do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa. 

O novo coordenador tem como linhas de estudo Processos Cognitivos e Medidas Psicológicas, Bases Cognitivo-Emocionais do Comportamentos e se concentra nos estudos em psicometria, construção e validade de testes, técnicas de processamento estatístico, matemático e computacional em psicologia e educação.