Portal do Governo Brasileiro

Setor de Anatomia é inaugurado no Instituto de Ciências Biológicas e da Saúde

O novo prédio já está em funcionamento, acolhendo alunos para as aulas
Por: Pedro Ivon - estagiário de Jornalismo - 12/12/2018 às 10h16 - Atualizado em 13/12/2018 às 08h53
context/imageCaption

Inauguração do bloco de Anatomia no ICBS. Foto: Renner Boldrino

Foi realizada, na manhã desta terça-feira (11), a inauguração do setor de Anatomia no Instituto de Ciências Biológicas e da Saúde (ICBS) da Universidade Federal de Alagoas (Ufal). O novo prédio, que recebeu o nome de Laboratório de Anatomia Descritiva e Topográfica Prof. Dr. Luiz Ferreira de Souza, em homenagem ao falecido professor Luiz Ferreira, é composto por alguns laboratórios, salas dos professores e pelo museu de anatomia.

Estavam presentes na inauguração, além de diversos alunos, a reitora Valéria Correia, o vice-reitor José Vieira, a diretora do ICBS, Iracilda Maria, o professor Rodrigo Freitas, a técnica administrativa Juliane Pereira, a esposa do docente homenageado, a professora Rita Namé Ferreira, o professor Célio Fernando, o superintendente de Infraestrutura Dilson Batista e o presidente do Centro Acadêmico (CA) do curso de Ciências Biológicas, José Jackson.

“O setor funcionava no antigo Centro de Ciências Biológicas (CCBI), desde a década de 50, quando a faculdade de medicina foi inaugurada. E esse ano, após 68 anos, a Universidade está inaugurando um novo espaço, o bloco sete aqui no ICBS”, explicou o professor Rodrigo Freitas, que estava representando os docentes de Anatomia. “Todos os outros cursos têm aula conosco. Então, a gente tem cerca de 16 turmas por semestre, cerca de 500 alunos frequentam Anatomia semanalmente”, continuou, falando da relação do setor com os cursos das áreas de saúde.

“A gente troca um espaço que era insalubre por um espaço de trabalho digno”, ressaltou a reitora. Valéria Correia ainda destacou a homenagem ao professor Luiz Ferreira que deu o nome ao novo bloco. “A junção desse sonho coletivo, que era esse ICBS existir, é concretizado e também a justiça de colocarmos o nome de um professor que tanto se dedicou à Universidade Federal de Alagoas e que foi brutalmente assassinado. Hoje também é um momento de realização de sonhos e de se fazer justiça”, concluiu a reitora.

O homenageado, além de professor, também chegou a ser vereador e foi assassinado em 2012. Relembrando seus bons momentos, o professor Célio Fernando, ex-aluno de Luiz, contou histórias sobre o docente. A viúva do professor também proferiu algumas palavras. “Para minha família é um momento de muita gratidão, porque sabemos o quanto o Luiz, meu marido, contribuiu. Lamento por ele não estar aqui vivo, mas a vida segue”, disse a Rita Namé. “Eu acho que aonde ele estiver, deve estar feliz com essa homenagem, assim como a família”, concluiu.

Após a fala de todos, houve um tour pelo novo prédio, especialmente pelos laboratórios onde são feitos os estudos.