Portal do Governo Brasileiro

Programa de extensão realiza primeira reunião com pais e responsáveis

Objetivo foi estreitar contato e falar sobre importância do incentivo à educação em casa
Por: Ascom Ufal - 29/11/2018 às 15h10 - Atualizado em 29/11/2018 às 15h34
context/imageCaption

Objetivo da reunião foi estreitar contato e falar sobre importância do incentivo à educação em casa

O Programa de Apoio aos Estudantes das Escolas Públicas do Estado (Paespe) reuniu pais e responsáveis pelos alunos participantes do projeto, com o objetivo de obter maior contato maior com eles. Ao decorrer da reunião, realizada no dia último dia 22, foi exposto que deve haver um diálogo entre pais e filhos primordialmente quando o contexto é educação.

Assuntos como a participação na vida educacional e incentivo foram destacados na reunião. O coordenador Roberaldo Carvalho apresentou a essência do Programa e do curso de informática básica que é oferecido anualmente, e que mais uma vez abrirá as portas para o mundo virtual aos pais de estudantes. As aulas serão ministradas pelo PET Ciência e Tecnologia da Ufal. 

Sobre o Programa Paespe

O Paespe foi criado em 1993, pelo professor Roberaldo Carvalho de Souza, tendo como berço de suas atividades o Centro de Tecnologia (Ctec) da Universidade Federal de Alagoas (Ufal). Sua principal atuação é através dos projetos Paespe Júnior, voltado a alunos das 1ª e 2ª séries do ensino médio, e o Paespe, destinado aos alunos da 3ª série do ensino médio.

O Programa oferta aulas dos conteúdos cobrados pelo Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e realiza atividades multidisciplinares como o curso de informática básica, palestras e visitas técnicas, contribuindo para a inserção destes alunos em Instituições de Ensino Superior (IES). Também faz parte do Programa, o curso de informática básica para jovens e adultos. O Paespe atende anualmente cerca de 200 alunos oriundos da rede pública de ensino. O objetivo é buscar, por meio da formação interdisciplinar, a transformação e ascensão social de jovens em vulnerabilidade socioeconômica.