Portal do Governo Brasileiro

Curso de Elaboração de Projetos movimenta o Espaço Cultural nas férias

O objetivo é capacitar os alunos para a elaboração de textos acadêmicos
12/01/2018 às 15h14 - Atualizado em 12/01/2018 às 15h37
context/imageCaption

Aula do Curso de Verão no Espaço Cultural

Lenilda Luna - jornalista

 

Em plenas férias, quando muitos estudantes procuram descansar, uma turma está estimulada a aproveitar esse tempo para aprender sobre produção de textos acadêmicos. O curso de Aperfeiçoamento em Elaboração de Projetos e Realização de Pesquisas Socioeducativas é promovido pelo Grupo de Pesquisa Sociologia do Trabalho Pedagógico, Currículo e Formação Humana, coordenado pelo professor Ciro Bezerra. As aulas começaram no dia 3 de janeiro, estão acontecendo a partir de 18 h nas segundas, quartas e sextas. Durante as férias, os encontros estão sendo no Espaço Cultural, mas após o final do recesso, o curso vai continuar no mini-auditório da Biblioteca Central. A carga horária é de 84 horas, dividida em 21 encontros. Serão emitidos certificados.

Raíssa Oliveira do Nascimento, estudante do curso de Pedagogia disse que foi motivada pela vontade de aprender para antecipar o final das férias e fazer esse curso. "Não quero ficar no comodismo de apenas estudar para a prova. O professor Ciro nos ensina a ver o estudo como oportunidade de crescimento. Assim, você fica estimulado a estudar para sua formação humana e profissional e não apenas para responder as avaliações. Como ele diz, estudar é uma formação de si, por si e para si. É isso que eu quero. Pretendo fazer mestrado e doutorado e é necessário ter esse compromisso com um estudo sistematizado", relatou a aluna.

Junto aos estudantes da Ufal que estão buscando esse aperfeiçoamento, encontram-se alguns servidores. Geisa Ferreira é técnica-administrativa lotada na Pró-reitoria de Graduação e também participa do curso. "A proposta do curso me atraiu muito, porque tenho a pretensão de fazer uma seleção de Mestrado. Além disso, eu busco essa aprendizagem e aperfeiçoamento pessoal que nos colocam sempre na condição de estudantes. Os técnico-administrativos da Ufal estão motivados a buscar essa qualificação profissional em suas áreas", destacou a servidora.

O professor Ciro Bezerra, organizador do curso, ensina a disciplina Fundamentos da Educação, no Centro de Educação (Cedu). Ela explica que a proposta do curso é baseada na metodologia de Leitura Imanente, que desenvolve a capacidade de interpretar e compreender os textos. "Quero dar minha contribuição para uma Universidade fundada na excelência acadêmica e referenciada socialmente. Muitas vezes o que falta é a oportunidade, porque quando ela aparece, vemos o quanto esses estudantes são interessados. Tivemos mais de cem inscrições para um curso que foi iniciado no período de férias", ressalta o professor.

Segundo ele, com a metodologia do curso que estimula a produção de textos, os estudante dão um salto de qualidade. "Porque eles se descobrem enquanto investigadores sociais e principalmente como escritores. Assim, eles não voltam mais a estudar mecanicamente, passam a investir na própria construção intelectual. O que me deixa mais feliz é acompanhar o crescimento de estudantes que hoje estão na pós-graduação, em mestrados e doutorados, aqui na Ufal e em outras Universidades, inclusive no exterior. São pessoas que tem uma origem popular e chegam inseguros, mas se fortalecem quando afirmam o próprio potencial e a capacidade de produção científica", conclui Ciro Bezerra.