Evento de arquitetura vai discutir cidades planejadas e inclusivas

Semau será de 28 a 31 de agosto, na Ufal, com palestrantes renomados

08/06/2017 10h18 - Atualizado em 12/06/2017 às 10h54
context/imageCaption

Arte de divulgação

Ascom Ufal

A 13ª Semana de Arquitetura e Urbanismo (Semau) abre, a partir de 19 de junho, o primeiro lote de inscrições para o evento que será realizado de 28 a 31 de agosto, no auditório da Reitoria da Universidade Federal de Alagoas. Promovido pelo grupo PET Arquitetura da Ufal o tema deste ano é Vivacidade: desafios, planejamento e participação.

Em sua 13ª edição, a Semau propõe “debater sobre a cidade, seus desafios, ações possíveis de planejamento e a importância da participação do cidadão, visando promover discussões sobre o papel do arquiteto face às interferências que o urbanismo e a arquitetura podem provocar na dinâmica social do espaço urbano, e como as diversas intervenções podem contribuir para a identificação e envolvimento do usuário que o vivencia”, destacam os organizadores.

Num convive para inspirar a construção de ideias e alternativas para o planejamento de cidades mais vivas, equilibradas e, principalmente, inclusivas, o evento deixa a reflexão: “Afinal, para quem é a cidade?” 

A Semau terá conferências proferidas por Raquel Rolnik (FAU-USP), Regina Dulce Lins (FAU-Ufal), Elisabete França (Faap/USP Cidades) e Simón Hosie (PUJ-Bogotá); e comentários de Verônica Robalinho (FAU-Ufal) e Renan Silva (Unit). A programação também conta com uma visita guiada na cidade de Maceió, mesa redonda, exibição de filme, oficina e lançamentos da 7ª edição da Revista Ímpeto (PET Arquitetura) e do livro Guerra dos Lugares, de Raquel Rolnik.

As inscrições estarão disponíveis no site do PET.