Reitoria Itinerante participa da mobilização do Dia Internacional da Mulher

A reitora Valéria Correia e integrantes da gestão acompanharam a caminhada pelo Centro de Maceió

09/03/2017 09h26 - Atualizado em 10/03/2017 às 11h36
context/imageCaption

Reitora e integrantes da Gestão participaram da mobilização

Lenilda Luna - jornalista

No Dia Internacional da Mulher, 8 de março, a Reitoria da Universidade Federal de Alagoas transferiu-se para as ruas de Maceió. A reitora Valéria Correia, pró-reitoras e demais integrantes da equipe de gestão juntaram-se às técnicas e docentes da Ufal na mobilização em defesa dos direitos das mulheres e por uma sociedade sem violência e sem discriminação.

A concentração aconteceu às 9h, na praça Sinimbú, com a participação dos sindicatos que representam os trabalhadores da Ufal, como Sintufal e Adufal, os núcleos de Pesquisa Mulher e Cidadania, que tem à frente a professora Elvira Barreto, e Frida Kahlo, sob a coordenação da professora Andréa Pacheco. Outras representações feministas também marcaram presença, como as mulheres trabalhadoras rurais, o coletivo Afrocaeté e o Movimento de Mulheres Olga Benario.

As mulheres caminharam pelas ruas do Centro até o antigo Produban, no calçadão, e concluíram a caminhada em frente ao INSS, onde protestaram contra a proposta de aumentar a idade de aposentadoria das mulheres de 60 para 65 anos, prevista na Reforma da Previdência. A reitora Valéria Correia participou de todo o percurso. "A Universidade, que é liderada por mulheres, precisa estar presente nas ruas nesse dia de luta contra a violência à mulher e contra a cultura do estupro", ressaltou a reitora.

À noite, a reitora ainda participou de um debate sobre o dia Internacional da Mulher na unidade da Ufal em Santana do Ipanema, Campus do Sertão. Ela integrou a mesa ao lado da docente Ana Cristina Santos, com a participação de Flávio Domingos, pró-reitor de Gestão Institucional,  e Rafael Rodrigues, coordenador geral da Unidade.