Dia da Mulher será lembrado em ato contra violência e opressão

Programação também terá debate sobre aleitamento materno e atividades culturais

02/03/2017 15h31 - Atualizado em 13/03/2017 às 08h38
context/imageCaption

Manuella Soares - jornalista

A coordenação de Qualidade de Vida no Trabalho da Pró-reitoria de Gestão de Pessoas da Ufal (CQVT/Progep) prepara uma programação especial com atividades em alusão ao Dia Internacional da Mulher, comemorado em 8 de março. Será uma semana inteira, de 6 a 10, com debates, oficinas e ações reflexivas e culturais.

O evento promovido pela CQVT terá abertura às 9h, no hall da Reitoria, com o lançamento do Comitê Violência Contra a Mulher. Já no dia 7, haverá oficina de confecção de cartazes, às 16h, na Praça da Paz. À noite, a partir das 19h, a Pinacoteca Universitária recebe o espetáculo Sapatos Vermelhos, da artista Isabele Pitta. O roteiro faz uma reflexão sobre a ancestralidade feminina na atualidade.

Essa atividade será preparatória para o Ato Político de enfrentamento das opressões, violências e retrocessos, marcado para o dia 8, com uma caminhada iniciando da Praça Sinimbu, às 9h.

Também no dia 8 será lançado o 1º Concurso de Fotografia da Pró-reitoria Estudantil (Proest) cuja temática é empoderamento feminino.

No dia 9 de março a CQVT promove uma roda de conversa sobre aleitamento e doação do leite materno. Na ocasião haverá o lançamento do projeto Aleitamento materno e qualidade de vida da mulher trabalhadora que amamenta, no Hospital Universitário. 

E no dia 10, último dia de atividades em alusão à data, Isabelle Pitta vai ministrar a oficina de vivência e prática Corpo, expressividade e feminilidade, na Faculdade de Serviço Social (FSSO), das 15h às 17h. Serão disponibilizadas 30 vagas e os interessados devem solicitar pelo e-mail gdheufal@gmail.com.