Proest abre seleção de bolsistas para o Centro de Inclusão Digital

Estar regularmente matriculado na Ufal e possuir habilidade em softwares são alguns dos requisitos

01/02/2017 17h05 - Atualizado em 03/02/2017 às 15h20

Thâmara Gonzaga – jornalista

A Pró-reitoria Estudantil (Proest) da Universidade Federal de Alagoas abriu processo seletivo para o preenchimento de 10 vagas de bolsistas instrutores para o Centro de Inclusão Digital (CID), no Campus A. C. Simões.

Os bolsistas receberão uma bolsa no valor de R$ 400 durante o período de seis meses, podendo ser renovado por igual período, de acordo com o interesse da Pró-reitoria. Ao final das atividades, receberão um certificado com carga horária proporcional às tarefas realizadas.

Conforme o edital, podem participar estudantes regularmente matriculados nos cursos presenciais de graduação da Ufal, com disponibilidade de até 12 horas semanais e que possuam habilidades em softwares de uso acadêmico e profissional. Não estar vinculado a outro programa remunerativo da instituição também faz parte da lista de requisitos.

As inscrições são presencias e devem ser realizadas de 1º a 13 de fevereiro, na Sala 2 da Proest, localizada no Centro de Interesse Comunitário (CIC). O candidato precisa apresentar ficha de inscrição preenchida (Anexo 1 do edital), além de comprovante de matrícula e histórico analítico atualizados. Caso possua certificados de cursos de informática e de atuação em ensino na área, as cópias dos comprovantes também podem ser apresentadas.

A seleção será por meio de análise documental (eliminatória), currículo e entrevista (classificatórias). Esta última etapa ocorrerá entre os dias 20 e 21 de fevereiro, em local e horário a serem divulgados em até três dias antes do início da primeira entrevista.

Confira o edital no link.