Portal do Governo Brasileiro

Campus Arapiraca vence prêmio nacional com projeto para microempreendedores

Iniciativa busca auxiliar negócios de MEIs nos municípios de Arapiraca e São Sebastião
23/11/2017 às 13h32
context/imageCaption

Professor Mario Hozano (o segundo da esquerda para direita) recebe o prêmio do professor Ivanildo Picolli, durante Premiação do Empreenda Santander 2K17. Foto: Santander Universidades

Ascom Ufal

O Campus Arapiraca da Ufal obteve projeção nacional ao conquistar o Prêmio Empreenda Santander 2K17, na categoria Microempreendedores.

O projeto vencedor foi liderado pelo professor do curso de Ciência da Computação, Mário Hozano. Ele elaborou uma capacitação, juntamente com o professor Hérmani Magalhães (Campus do Sertão), para apoiar os negócios de cinco microempreendedores individuais (MEIs) que atuam nos municípios de Arapiraca e São Sebastião.

Promovido pelo Banco Santander, o programa Empreender prevê a participação de universidades para apoiar negócios em três perfis: universitários, startups e microempreendedores. O foco é fomentar a cultura empreendedora, apoiar os autores na viabilização de suas ideias e, consequentemente, prosperar em seus negócios. O anúncio dos vencedores foi no início do mês de novembro, em uma cerimônia no Teatro Santander, em São Paulo, com o presidente do banco e outras autoridades.

Como prêmio, o Santander dedicará um valor de R$ 50 mil para a execução do projeto nos próximos seis meses.

Trabalho com empreendedorismo no interior de Alagoas

Desde 2013, os docentes da Ufal Mário Hozano e Hérmani Magalhães vêm trabalhando para fomentar e aumentar a efetividade da cultura do empreendedorismo inovador no interior de Alagoas.

“Dentre as ações, já promovemos uma edição do Avant – Competição de ideias inovadoras, em parceria com o Instituto Federal de Alagoas, cinco edições do Startup Weekend, cinco seminários Pontapé – Toda grande ideia precisa de um!, um convênio com a Endeavor (SP) para aplicar o curso ‘Bota pra Fazer’ e um projeto em parceria com a Aliança Empreendedora (PR)”, enumera Hozano.