Evento divulga conhecimentos da Meteorologia para população

Programação conta com 19 palestras; ainda é possível se inscrever no local do evento

02/12/2014 15h45 - Atualizado em 04/12/2014 às 18h41
context/imageCaption

Mesa de abertura foi composta por vários especialistas em meteorologia

Pedro Barros - estudante de Jornalismo

Começou na manhã desta terça-feira (2), a 8ª Semana de Meteorologia e 6º Seminário Atmosfera e Sociedade. O evento traz uma programação voltada tanto para os estudantes da área quanto para o público em geral, com 19 palestras e apresentação de trabalhos científicos, de forma oral ou de pôster. 

As atividades do primeiro dia ocorreram no auditório da Reitoria da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), no Campus A.C. Simões, em Maceió. A partir desta quarta-feira, 3, até sexta-feira, o evento tem sua programação desenvolvida no Centro de Interesse Comunitário (CIC).

A mesa de abertura foi composta pelos pesquisadores Marcos Antônio Lima Moura, diretor do Instituo de Ciências Atmosféricas (Icat) da Ufal; Rosiberto Salustiano da Silva Junior, coordenador do curso de graduação em Meteorologia; Maria Luciene Dias de Melo, coordenadora da pós-graduação em Meteorologia; Héliofábio Barros Gomes, professor do Icat e coordenador do evento; e Simone Marilene Sievert da Costa, do Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC), do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe).

A primeira palestra foi do meteorologista Vinícius Nunes Pinho, que falou sobre o trabalho da Sala de Alerta da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh), no monitoramento de eventos hidrometeorológicos críticos.

Segundo o professor Heliofábio, um dos principais objetivos do encontro é a extensão, isto é, levar os conhecimentos gerados dentro da Universidade para a população externa. "Como os temas são bem variados, há assuntos que são de interesse da comunidade em geral. Nessa primeira palestra foi possível ver como é feito esse sistema de recepção de dados até a captação da chuva, como é feito o aviso para a Defesa Civil e o Corpo de Bombeiros, etc. Temos muitos professores aqui, de diversas áreas, e tentamos fazer as palestras de forma bem didática. Claro que a parte física só dá para entender quem for da área, mas quem não é pode compreender bem o conceito geral", destacou.

Ainda pela manhã, o professor Humberto Barbosa falou sobre o sistema disseminador de dados climáticos Eumetcast e sua utilização como espaço de formação para estudantes universitários e de divulgação de informações meteorológicas para o público em geral. "Nosso desafio é criar um cenário de aprendizado com nível operacional para os graduandos e, ao mesmo tempo, transformar os dados obtidos em informações úteis para a sociedade", explicou.

Segundo a organização da Semana, ainda é possível se inscrever. "Nossos monitores continuam fazendo o credenciamento no local das atividades. Solicitamos apenas o valor de R$ 40 para arcarmos com as despesas do evento", informou Heliofábio.

A programação de quarta-feira, 3, inclui a seção de painéis pela manhã e, à tarde, uma visita dos 45 primeiros inscritos ao Projeto Navegando com o Meio Ambiente, do Instituto do Meio Ambiente (IMA).

Leia também:

Primeira semana de dezembro tem programação sobre Meteorologia