Arqueólogo lança livro sobre lenda alagoana

Obra de Aloísio Vilela oferece nova explicação à lenda e consta de elucidário com significado das palavras da cultura Tupi-Guarani

05/12/2014 11h30 - Atualizado em 05/12/2014 às 14h48
context/imageCaption

Arqueólogo Aloísio Vilela é o autor do livro

Diana Monteiro – jornalista 

Dar uma nova explicação à lenda Inhamunhá assim como explicar a origem das palavras indígenas e fazer esse caminho por meio de uma publicação de um livro, sempre foi o sonho do professor Aloísio Vilela, agora, realizado. Ele explica que a obra, ambientada na Serra Dois Irmãos e a Cachoeira do Rio Paraíba, no município de Viçosa, onde nasceu, é fruto de pesquisa estimulada por uma obra já publicada sobre a temática. 

Subi à Serra muitas vezes não só para desfrutar de sua beleza, mas também para observar certos trechos da narrativa que consta no livro Viçosa de Alagoas - O município e a cidade, publicada em 1914 pelo historiador Alfredo de Barros Loureiro Brandão. O livro apresenta uma nova explicação sobre a lenda e propõe a sua imortalidade, materializando-a”, frisou o professor, reforçando que a ideia da publicação do livro surgiu ainda quando estava em atividade como docente e pesquisador da Ufal. 

A obra foi editada pela Editora Veloso, no Estado do Tocantins e traz também um elucidário com significado das palavras de origem indígena. Os interessados em conhecer o livro podem adquiri-lo na Editora da Universidade Federal de Alagoas (Edufal), na Livraria Leitura (Parque Shopping Maceió), na Panamérica Livraria e, em e-book, na Amazon.com.