Encontro Nacional de Astronomia começa nesta sexta

Após a abertura, palestra abordará eclipses e colapsos no sistema estelar Eta Carinae
07/11/2014 às 11h31 - Atualizado em 07/11/2014 às 16h55

Pedro Barros - estudante de Jornalismo 

Começa nesta sexta-feira e continua até domingo, 9, o 17º Encontro Nacional de Astronomia (Enast), no auditório da reitoria da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), no Campus A.C. Simões, em Maceió. Com palestras, minicursos e apresentações de trabalhos, o evento abordará diversos aspectos da área, como astrofísica, astronáutica, astrobiologia, mapeamento do céu entre outros. 

Os palestrantes são professores, pesquisadores e divulgadores da ciência dos astros, tais como o especialista em astrobiologia Amancio Friaça, o pesquisador em arqueoastronomia Johny Langer, os divulgadores de ciência Naelton Mendes e Nelson Travnik, o astrônomo Cristovão Jacques, primeiro descobridor brasileiro de um cometa, e o estudante de arquitetura da Ufal Flávio Fortunato, que se destaca nacionalmente na área de astrofotografia planetária. 

A palestra de abertura, "Eclipses e colapsos em Eta Carinae", ministrada pelo astrofísico Augusto Damineli, está marcada para logo após a solenidade de início, que acontece às 10h. Uma das palestras mais esperadas é a da cientista brasileira Duilia de Mello, que trabalha na Agência Espacial Americana (Nasa) e desenvolve projetos importantes junto ao instituto de pesquisas do telescópio espacial Hubble. 

As atividades serão distribuídas entre o auditório da reitoria e o Centro de Interesse Comunitário (CIC), incluindo a programação do Encontro Regional de Ensino de Astronomia (Erea), que já teve início nesta quinta-feira (6), no Centro Educacional de Pesquisas Aplicada (Cepa). No Enast, estão inscritas 220 pessoas, no Erea, 105 professores. 

A comissão informa que o Restaurante Universitário também vai atender aos inscritos. "A refeição com um refrigerante vai custar R$ 10. O participante do Enast ou do Erea deverá apresentar o seu crachá no momento da compra", avisou o coordenador. 

Sessões abertas 

Um destaque do encontro é a exposição de "astroartes", no hall do segundo piso do Centro de Interesse Comunitário (CIC), no Campus A.C. Simões. "As astropoesias, astropinturas e astrofotografias [que serão expostas] foram feitas por astrônomos amadores de diversos estados do Brasil. O objetivo disso é apresentar as produções artísticas de pessoas que se encantam com as belezas do céu; mostrar como a astronomia transcende campos de conhecimento do homem, não se limitando apenas a ciência, mas permeando também as artes", explicou o coordenador do evento, Adriano Aubert. 

Além da mostra artística, a exposição de pôsteres científicos e meteoritos, com a curadora Elizabeth Zucolotto, do Museu Nacional do Rio de Janeiro, estará aberta à visitação da comunidade. Na noite de sábado (8), haverá observações públicas do céu. 

Organização 

A Comissão Organizadora é formada por representantes do Observatório Astronômico Genival Leite Lima (Oagll), da Usina Ciência da Ufal, do Centro de Estudos Astronômicos de Alagoas (Ceaal), do Instituto Federal de Alagoas (Ifal) e do Laboratório de Ciências da Natureza do Centro de Ciências e Tecnologia da Educação (Cecite). O evento conta com o apoio da Ufal, Secretaria de Estado da Educação e do Esporte (SEE-AL), Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Alagoas (Fapeal), Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Ensino Superior (Capes) e dos colégios Santa Úrsula, Saint Germain, Monteiro Lobato e Monte Sinai.

Mais informações pelo site