Mestrando em Sociologia tem artigos aprovados em evento internacional

Trabalhos em coautoria com professores da Ufal e da UFPE serão apresentados no México
08/07/2014 às 12h35 - Atualizado em 14/08/2014 às 10h26
context/imageCaption

Denisson Silva, mestrando em Sociologia

Manuella Soares – jornalista

A parceria com professores do Grupo de Pesquisa de Cidadania e Políticas Publicas, do Instituto de Ciências Sociais da Universidade Federal de Alagoas e do Departamento de Ciência Política da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) está trazendo resultados positivos para o mestrando em Sociologia, Denisson Silva. O estudante teve cinco artigos aprovados no 2º Congresso Internacional de Ciência Política que será realizado em setembro, no México. 

Os trabalhos aceitos pela comissão do evento são voltados para a área de política, contemplando os temas de improbidade administrativa, reforma do Estado, pequenos partidos, entre outros.  Os artigos aprovados são em coautoria com os professores da Ufal, Ranulfo Paranhos, Gabriel Setti, e José Alexandre, além de outros docentes da UFPE.

O primeiro evento internacional que o mestrando vai publicar trabalhos ratifica o esforço e a dedicação de Denisson Silva ao estudo da Ciência Política. “Significa que meus objetivos quanto estudante e pesquisador estão no caminho certo e que de alguma forma estou contribuindo para o desenvolvimento da ciência, ou seja, minha caminhada acadêmica está dando certo”, comentou. 

Produção acadêmica com apoio dos professores

Denisson ressalta a dificuldade de apoio financeiro que os estudantes enfrentam para participarem de eventos fora do Estado e em outros países. Mas a produção acadêmica do mestrando no primeiro ano do curso rendeu dois artigos aprovados no Encontro da Associação Nacional de Pós-graduação e Pesquisa em Ciências Sociais (Anpocs), além de quatro trabalhos publicados, sendo três deles em periódicos e um capítulo de livro.

As pesquisas em coautoria com os professores da Ufal e da UFPE são consideradas por Denisson como um importante aprendizado. “Contar com os professores do Grupo de Pesquisa de Cidadania e Política Publicas e do DCP tem sido muito importante para o amadurecimento teórico e para aprender a fazer pesquisa no mundo empírico”, destacou Silva.

Para o evento organizado pela Associação Mexicana de Ciência Política, em setembro, apenas os coautores irão representar a Ufal, já que Denisson Silva estará num treinamento de métodos quantitativos na Universidade Federal de Minas Gerais, que será aproveitado nas pesquisas para o trabalho final do mestrado.