Atenção alunos da rede pública estadual: já estão abertas as inscrições para o Paespe

Programa prepara alunos do Ensino Médio para o vestibular
02/09/2013 às 17h30 - Atualizado em 14/08/2014 às 10h30
context/imageCaption

Paespe beneficia cerca de 70 alunos da rede pública estadual, anualmente

Myllena Diniz – estudante de Jornalismo

Até o dia 6 de setembro, o Programa de Apoio às Escolas Públicas do Estado (Paespe) abre inscrições, neste endereço eletrônico, para alunos do 1º ano do Ensino Médio das escolas públicas estaduais, por meio do Paespe Jr. O intuito do projeto é complementar e suprir carências dos estudantes matriculados na rede pública alagoana, com aulas preparatórias na Universidade Federal de Alagoas.

As provas de seleção para o programa serão realizadas no dia 14 de setembro, das 8h às 10h, no Centro de Tecnologia (Ctec), situado no Campus A. C. Simões, em Maceió. Para participar do processo seletivo, o candidato deve estar matriculado na rede pública estadual; cursar o 1º ano do Ensino Médio; e possuir disponibilidade no turno matutino –  horário de realização das atividades. Na prova, serão abordados assuntos de Matemática do 5º ao 9º ano.

Para o Paespe 2014, programa voltado a alunos do 3º ano do Ensino Médio da rede pública, as inscrições estarão abertas de 25 de setembro a 20 de outubro. A prova está marcada para o dia 9 de novembro, às 8h, no Ctec. A previsão é de que o resultado seja divulgado no dia 18 de novembro.

Desde 2004, o Paespe desenvolve atividades contínuas e promove o contato dos estudantes do Ensino Médio das escolas públicas com a Ufal. Além de visitas técnicas a laboratórios da instituição e a importantes empreendimentos alagoanos, o alunado também tem aulas de segunda a sábado com professores e discentes dos cursos de Engenharia, Biologia e Letras. Anualmente, o programa coordenado pelo professor Roberaldo Carvalho, do Ctec, beneficia cerca 70 estudantes.

Para aproximar ainda mais o Paespe da rede pública estadual, a coordenação do programa promoveu reunião com diretores de escolas que integram a 14ª Coordenadoria de Ensino do Estado de Alagoas, localizadas no Tabuleiro dos Martins – entorno do Campus A. C. Simões. No dia 23 de agosto, no Ctec, foi apresentado aos pedagogos o funcionamento do Paespe e sua atuação preparatória para o vestibular.

De acordo com Roberaldo Carvalho, a reunião teve o objetivo de divulgar os programas desenvolvidos para as escolas próximas às instalações da Ufal. “Nosso intuito maior é que os diretores de escolas tenham conhecimento do que a universidade tem feito, há muito tempo, para os alunos deles. A ideia é apresentar nosso programa, para que eles conheçam e levantem nossa bandeira nas escolas”, destacou.

A Escola Estadual Margarez Lacet é uma das fortes parceiras do Paespe. Para a diretora da escola, Claudete Cavalcante, o vínculo com a Ufal é significativo no desempenho dos alunos. “Para nós, é muito importante a relação com a universidade, para que o ensino da rede pública seja impulsionado. A Ufal está sempre ao nosso dispor e isso tem peso no desempenho dos alunos. Os estudantes que mais passam no vestibular são os que têm apoio da universidade”, salientou.

Desde sua implantação, o Paespe tem alcançado resultados relevantes no índice de aprovação de candidatos ao vestibular. “De 2005 a 2010, dos 350 alunos atendidos pelo programa, 120 foram aprovados. Além disso, entre nossos ex-alunos, já temos 3 doutores, 1 mestre e 1 especialista”, revelou Luciano Barbosa, professor do Ctec e membro do Paespe.

Paespe Jr e Paespe

O Paespe promove aulas preparatórias para alunos do 3º ano, especificamente. Para isso, o programa  inicia atividades com jovens que ainda estão no 1º ano, com o Paespe Jr, e estende as ações de acompanhamento até o 3º ano. O projeto inclui aulas de disciplinas cobradas pelo Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), inclusive de línguas estrangeiras; aulas de informática; palestras; e visitas técnicas a laboratórios da Ufal e a locais de importante interesse socioeconômico para Alagoas, como Usina Ciência, Porto de Maceió, Aeroporto Zumbi dos Palmares, Complexo Estuarino Lagunar Mundaú-Manguaba e Canal do Sertão.