Painter começará atividades no dia 2 de maio

Os estudantes de Maceió e do interior assinarão termo de compromisso durante reuniões realizadas nas sedes dos três campi
03/04/2013 às 12h20 - Atualizado em 14/08/2014 às 10h30

Manuella Soares – jornalista

As ações do Programa de Ações Interdisciplinares (Painter) vão começar de acordo com o calendário acadêmico estabelecido em cada campus da Universidade Federal de Alagoas. Em todas as unidades da Ufal, em Maceió, Arapiraca, Penedo, Viçosa, Palmeira dos Índios, Delmiro Gouveia e Santana do Ipanema, o início das atividades desenvolvidas pelas pesquisas selecionadas será no dia 2 de maio, data que começará a contar a validade das bolsas dos alunos.

Mas antes, a Ufal convoca todos os estudantes, contemplados com uma bolsa do Painter para desenvolvimento de pesquisas, e os orientadores para reunião, de acordo com o seguinte calendário: no próximo dia 29 de abril, às 9h30, no auditório da Reitoria, será com os alunos de Maceió; nesse mesmo dia, às 16h, na sede do Campus Arapiraca, para quem estuda nas unidades do Agreste (Palmeira dos Índios, Viçosa, Penedo e Arapiraca); dia 30 de abril, às 15h, na sede do Campus do Sertão, com os novos bolsitas de Delmiro Gouveia e Santana do Ipanema. O objetivo é realizar um momento de encontro entre os alunos e os professores para a assinatura do Termo de Compromisso, antes de iniciar as atividades.

O Painter é um programa realizado em conjunto pelas pró-reitorias Estudantil (Proest), de Graduação (Prograd), de Extensão (Proex), de Pesquisa e Pós-Graduação (Propep) e de Gestão Institucional (Proginst). A proposta do programa é contribuir para melhoria do desempenho acadêmico e a formação dos estudantes com vulnerabilidade socioeconômica, de forma a consolidar sua permanência na instituição.

“O sentido da bolsa é ampliar as possibilidades de os estudantes terem uma formação qualificada no campo universitário. O Painter possibilita sua inserção em atividades de pesquisas, por meio das quais esses estudantes desenvolverão atividades com professores e pesquisadores da Ufal, comprometidos com a construção de uma experiência de crescimento para eles (os estudantes)”, ressaltou a vice reitora Rachel Rocha.

O Painter é um projeto piloto da gestão do reitor Eurico Lôbo e da vice-reitora Rachel Rocha, que tem a pretensão de se transformar num programa permanente da Ufal. Na primeira seleção, este ano, a Reitoria disponibilizou 456 bolsas para os estudantes selecionados nos 73 projetos aprovados dos três campi: A.C. Simões, Arapiraca e do Sertão.

O Programa cumpre o compromisso de focar o aluno para as atividades de formação e integra os professores mestres e doutores nas pesquisas institucionais. O Painter da Ufal já serve de modelo para outras universidades que também pretendem desenvolver ações voltadas para estudantes em vulnerabilidade social.

Veja o convite em anexo