Professor da Ufal idealiza o Minuto da Poesia

A Rádio Educativa FM, do Instituto Zumbi dos Palmares (IZP) lançou o programa “Minuto de Poesia”, nova atração da emissora para divulgar a boa poesia produzida em Alagoas, no Brasil e no mundo.

06/04/2009 10h28 - Atualizado em 13/08/2014 às 00h39
context/imageCaption

professor Cabús

Todos os dias, durante a programação normal da emissora, inserções com duração máxima de um minuto serão levadas ao ar, disponibilizando para o público um momento especial e diferenciado, com a declamação de textos poéticos de qualidade. O “Minuto de Poesia” será também um espaço para os poetas alagoanos mostrarem seus trabalhos.

O programa foi lançado na quinta-feira passada, 2, no Bar do Seu Manoel, em Garça Torta, com a participação de poetas e escritores convidados, bem como de interessados e amantes da boa poesia. Foi feito um varal onde foram disponibilizadas as poesias que foram selecionadas para ir ao ar neste mês de abril. Parte delas foram lidas na ocasião do lançamento.

 O “Minuto de Poesia” será levado ao ar na Educativa FM a partir desta segunda-feira, 6. “A iniciativa tem como foco a valorização da cultura e, com isso, a Educativa FM vem cumprindo o papel de fomentador de educação. Faz parte do perfil da Rádio o papel de divulgar a cultura local, nordestina e brasileira”, explica Ricardo Telles, diretor da rádio.

O programa conta com a participação especial de Otávio Cabral e Fátima Medeiros, que farão a declamação das poesias. A produção é de Ricardo Cabús, idealizador da iniciativa. Cabús é PHD em Arquitetura, Mestre em Engenharia Civil da Ufal, foi membro do grupo de poesias Lua Nova nos anos 1990. Publicou o livro de poesias Estações Partidas pela Editora Scortecci em 1994, participou do livro Alagoas em Cena 2003 (2004, Secult-AL) com os contos ‘O dedo mindinho’ e ‘Duas mulheres’ e da coletânea Poesia das Alagoas (2007, Ed. Bagaço) com os poemas ‘Cinzado’ e ‘Quem foi que disse?’. É também letrista em parcerias com Júnior Almeida, Gustavo Gomes, Robson Amorim, Fernando Marcelo, Chico Fidelis e Sandro Marden (PB).