Coordenação da CPA apresenta metodologias e plano de ação 2009


06/04/2009 08h13 - Atualizado em 13/08/2014 às 00h38

Avanny Oliveira – estagiária de jornalismo, com informações CPA

Nesta sexta-feira, 3 de abril, representantes da CPA (Comissão Própria de Avaliação), se reuniram no Auditório Nabuco Lopes, na Reitoria, para apresentar e discutir o plano de ação da nova gestão. Aplicação de questionário online, análise documental e elaboração do relatório final, são alguns dos objetivos pretendidos pelos coordenadores da avaliação. Também como a divulgação dos resultados e melhorias executadas pela gestão a partir dos resultados de 2008.

A nova CPA, eleita em 2008, apresentou, durante a reunião, as metas pretendidas. Estiveram presentes as coordenações de avaliação de cada unidade acadêmica, como também representantes dos três segmentos: técnicos, estudantes e professores. “A auto-avaliação é obrigatória. O relatório é o primeiro documento de avaliação interna para uma avaliação externa. É através dele que o retrato da universidade é traçado”, afirma Graça Tavares, pró-reitora da Graduação.

A Auto Avaliação Institucional faz parte do Sistema Nacional de Avaliação do Ensino Superior (Sinaes) que abrange todas as instituições de educação superior do país. Atendendo aos dispositivos legais, Lei Federal 10861/2004, portaria do MEC/INEP2051/2004 entre outros, a Auto Avaliação Institucional é um processo permanente de construção e formação. Deve apreender o universo institucional em sua complexidade, por isso abrange diferentes dimensões e agentes. Deve ser uma construção coletiva dos sujeitos que integram a universidade buscando o aperfeiçoamento de práticas.