Instituto Xingó elege nova diretoria


09/03/2009 11h34 - Atualizado em 13/08/2014 às 00h28
context/imageCaption

Posse da nova diretoria do Instituto Xingó

Por Diana Monteiro - assessoria de comunicação Ufal     

A reitora Ana Dayse Dorea presidiuem seu gabinete, na última sexta-feira, 6, a reunião  que elegeu, por unanimidade, o engenheiro–agrônomo Reinaldo Falcão para a direção geral do Instituto Xingó. Reinaldo integra o quadro da Secretaria Estadual de Agricultura, foi prefeito do município de Água Branca e ficará a frente do Instituto por um período de três anos. A posse está definida para o dia 27 deste mês, na sede do instituto, em Piranhas.

O Instituto Xingó conta com participação das universidades federais de Alagoas, Pernambuco e Sergipe, Universidade Estadual da Bahia e Universidade Federal Rural de Pernambuco, Codevasf, além de representantes governamentais desses quatro Estados do Nordeste.  O Instituto funciona desde a década de 90, envolve atualmente 102 municípios e tem em pleno desenvolvimento 65 projetos voltados para a região sertaneja.

A reitora Ana Dayse, atual presidente do Conselho, foi reeleita na oportunidade, também por unanimidade, e vai permanecer no cargo. Falando sobre a interiorização da Ufal para o sertão de Alagoas, Ana Dayse agradeceu a recondução por mais três anos, período em que encerra sua gestão como reitora na Ufal. 

Ao dar as boas vindas ao diretor eleito Reinaldo Falcão, Ana Dayse ressaltou que dirigir o Instituto Xingó é um desafio, por não haver uma dotação orçamentária própria. “É fundamental a articulação junto aos Estados envolvidos, em busca de financiamento”, ressaltou a reitora.

Agradecendo aos conselheiros pela confiança depositada, Reinaldo Falcão ressaltou que continuará o trabalho voltado para uma região sofrida, dizendo que o Instituto traz a esperança de mudanças no semi-árido. “Serei o instrumento para a construção de um trabalho em parceria, buscando alternativas para o desenvolvimento da região”, disse o diretor eleito.

O diretor geral ainda em exercício, Gilberto Rodrigues, do Estado de Pernambuco, disse na oportunidade ter sido proveitosa a experiência à frente do Instituto, e destacou o apoio que sempre teve da reitora Ana Dayse. “Continuarei a ser parceiro das ações, porque deixo a diretoria, mas não deixo o instituto”, enfatizou Gilberto.

Presentes à reunião, os prefeitos dos municípios de Piranhas (AL), Melina de Freitas, e de Petrolândia (PE), Lourival Gomes, reafirmaram o compromisso para um trabalho em parceria. “Conheço de perto o importante trabalho realizado pelo Instituto Xingó, voltado para o desenvolvimento do semi-árido”, acrescentou Melina.

A secretária Kátia Born, da Ciência e Tecnologia, anunciou na oportunidade que o Governo de Alagoas dispõe de vários projetos para o sertão e que o Instituto é um importante parceiro para as ações.

O reitor da Universidade Estadual da Bahia, Lourisvaldo Valentim, assumiu também o compromisso de ser mais um parceiro para as ações do Instituto, fazendo a articulação com o governo de Estado. Os professores da Ufal, Fábio Castelo Branco, Edméa Nunes e Isabel Marinho também foram reconduzidos por unanimidade ao cargo de diretores associados do Instituto Xingó.