Inscrições para a Expofísica 2009 começam dia 15 de abril


31/03/2009 12h06 - Atualizado em 13/08/2014 às 00h38

A Expofísica é uma exposição pública do Instituto de Física da Ufal. Nela são expostas atividades de graduação e pós-graduação envolvendo todo o quadro docente e discente e são apresentadas, para a comunidade universitária e para o ensino médio, as contribuições em termos de ensino e pesquisa realizadas no Instituto. A seleção das escolas participantes será via inscrição por e-mail (tereza@df.ufal.br) ou telefone (3214-1433/1432), no período de 15 a 30 de abril, por ordem de inscrição, até completar os horários disponíveis pré-estabelecidos nas cartas-convite. Cada escola só pode inscrever um máximo de 75 alunos.

Esse evento, que será realizado de 27 a 29 de maio, no Instituto de Física, no campus da Ufal, estará completando, em 2009, sete anos de existência. A Expofísica 2009 contará com stands temáticos: A Física do Corpo Humano, A Física dos Esportes Radicais e A Física da Música, além de mostras de experimentos didáticos, uso de lasers e palestras.

Segundo a coordenadora do evento, professora Maria Tereza de Araujo, a cada ano cresce o número de escolas do ensino médio que prestigiam a exposição. “A procura por vagas para a visitação é grande o suficiente para que as inscrições se encerrem logo no primeiro dia. Cerca de mil alunos do ensino médio comparecem aos três dias de evento acompanhados de coordenadores de ensino e seus professores de Física” diz a coordenadora.

Para Maria Tereza, esse interesse pela exposição é despertado pela necessidade de mais informações sobre a disciplina. “Alunos do ensino médio têm uma grande carência relacionada com temas da Física Moderna e suas contribuições ao nosso cotidiano. Esperamos, portanto, despertar a curiosidade científica e suprir espaços não preenchidos com os conteúdos programáticos desenvolvidos nas escolas de origem”, afirma a coordenadora da Expofísica. “Acreditamos, ainda, que a nossa comunidade não está bem informada quanto à profissão de Físico atualmente no País, nem do poder interdisciplinar inerente à Física em diversas áreas de atuação”, acrescenta.