Cedu recebe novos alunos do mestrado em Educação Brasileira


10/03/2009 08h35 - Atualizado em 13/08/2014 às 00h29
context/imageCaption

Mesa da Aula Inaugural

Na tarde desta segunda-feira, 09 de março, o Centro de Educação da Ufal realizou a aula inaugural do curso de mestrado em Educação Brasileira. Os novos alunos foram recepcionados no auditório Élcio Gusmão, no Cedu.

Compuseram a mesa da solenidade o vice-reitor da Ufal, professor Eurico Lôbo, a pró-reitora de Graduação, Graça Tavares, o pró-reitor de Pós-graduação e Pesquisa, Josealdo Tonholo, a diretora do Cedu, Adriana Sales de Melo, e o pró-reitor de Extensão, Eduardo Lyra.

O pró-reitor de Pós-graduação e Pesquisa, Josealdo Tonholo, ministrou a palestra “Educação, Ciência e Tecnologia: a preparação para um mundo melhor”. Na ocasião ele destacou  a importância de professores qualificados para a formação de cidadãos críticos e empreendedores.

O programa de Pós-graduação em Educação (PPGE) inicia sua nona turma de mestrado. Este ano, o programa recebe 270 novos alunos, sendo 173 alunos regulares e 99 especiais, que são professores de ensino superior, gestores de educação pública e estudantes graduandos vindos de programas de iniciação cientifíca desenvolvidos na universidade.

De acordo com o coordenador do mestrado, professor Luis Paulo Mercado, o conceito 4 concedido pela Capes demonstra a qualidade do trabalho  desenvolvido. "Esse é um dos programas de grande importância para a universidade. Estamos formando recursos humanos para educação superior, discutindo e buscando soluções para os problemas locais, regionais e nacionais, além de produzir e ampliar conhecimentos na área de educação”,  afirma Mercado.

O curso de mestrado tem duração de dois anos e conta com 23 doutores no quadro atuando em 13 grupos de pesquisa.  O aluno participa de aulas teóricas das disciplinas obrigatórias e terá que apresentar dissertação para obtenção do título de mestre.