Ufal comemora 48 anos com mais investimento


26/01/2009 10h49 - Atualizado em 13/08/2014 às 00h07
context/imageCaption

Reitora em entrevista ao Jornal da Pajuçara Manhã

A reitora da Ufal, Ana Dayse Dorea, iniciou a manhã de trabalho, nesta segunda-feira, 26 de janeiro, concedendo entrevista sobre os 48 anos da Ufal, completados neste domingo, 25 de janeiro. A reitora destacou os investimentos em expansão, acompanhados pela dedicação da comunidade acadêmica em buscar a excelência no tripé ensino, pesquisa e extensão.

“Há 48 anos, iniciamos a Universidade Federal de Alagoas com a fusão de seis cursos. Hoje são 61, inclusive no interior do Estado, gerando conhecimento novo e contribuindo para o desenvolvimento econômico e social de Alagoas”, ressaltou Ana Dayse.

A reitora destacou ainda que a Ufal é uma universidade de porte médio,  que desenvolve pesquisas reconhecidas internacionalmente. No interior, a Ufal tem um quadro de  92% dos professores  com  títulos de mestrado e doutorado. “Esse é um indicador da qualidade dos cursos oferecidos pela Ufal no interior”, disse a reitora.

No campus Arapiraca e Pólos, foram realizados investimentos em laboratórios e projetos de pesquisas com recursos da FINEP, que seleciona com rigor os projetos a serem apoiados. “No interior, vamos completar 3 anos com muitas pesquisas em desenvolvimento”, comemorou a reitora.

Mas a reitora reconheceu também que ainda há muito para se fazer nos Pólos do interior, principalmente no Pólo de Palmeira dos Índios, onde as deficiências na infra-estruturam geraram protestos da comunidade universitária. “Apenas  recentemente conseguimos regularizar a doação do terreno e vamos buscar investimentos para melhorar as condições do Pólo de Palmeira”, garantiu a reitora.  

Além de garantir recursos junto ao Governo Federal para investimentos na estrutura, a reitora informou que, até 2010, a Ufal vai contratar mais 180 professores, para completar o quadro docente. “Acabamos de concluir um concurso para professores do Campus Arapiraca e já vamos começar a preparar o Edital para um novo concurso”, avisou a reitora.

Ana Dayse também avaliou positivamente a relação da Ufal com a sociedade. “Além de participarmos de projetos importantes para o Estado, como o Pacto pela Educação, proporcionamos atividades abertas à comunidade, como foram os cursos de verão, que movimentaram a Ufal nesse mês de janeiro”, disse a reitora.

Por fim, Ana Dayse destacou que, entre as várias atividades previstas para 2009, será realizada a IV Bienal Internacional do Livro de Alagoas, que além de reunir grandes nomes da produção literária e científica, vai apoiar o lançamento de 40 novos títulos apresentados por alagoanos.

A reitora lembrou ainda a edificação do Campus do Sertão, garantindo acesso ao ensino superior de qualidade e gratuito aos estudantes daquela região. “As obras estão em andamento e em 2010 pretendemos iniciar as aulas”, afirmou a reitora.