NIT tem projeto aprovado ao lado das maiores universidades do país


12/01/2009 12h04 - Atualizado em 12/08/2014 às 23h53
context/imageCaption

Prof. Cressoni, coordenador do NIT

O Núcleo de Inovação Tecnológica da Ufal aprovou, junto à FINEP (Financiadora de Estudos e Projetos), o projeto de consolidação e expansão para o triênio dez/2008-2011. A Ufal foi aprovada na linha 1, ao lado instituições de renomadas como a UNICAMP, a UFRJ e a UFMG. Esse é a segunda proposta aprovada, a primeira foi o da implantação do núcleo com um total de 4 bolsistas, agora a previsão é de  9 bolsas.

 A proposta encaminhada a FINEP, além de ter como finalidade a consolidação do NIT, tem o objetivo de expandir o Núcleo para o interior, de tal modo que haja a difusão tecnológica em todo o Estado. O projeto de expansão ficará sob a coordenação geral do professor José Carlos Cressoni, coordenador do NIT-UFAL .

O NIT opera na Ufal desde 2006 e tem por finalidade coordenar toda atividade de proteção intelectual da Ufal e licenciamento  e a transformação de novas tecnologias.

A elaboração do projeto contou com a participação do coordenador do núcleo, professor Carlos Cressoni, do pró-reitor de Pós-graduação e Pesquisa, Josealdo Tonholo, da integrante da Fundepes, Aline Vieira Silva e de outros professores da Ufal. "O NIT UFAL concorreu com NITs altamente desenvolvidos, entre estes a campeã de patentes, Unicamp. Daí a importância dessa aprovação, o que demonstra a consolidação da pesquisa na área de tecnologias, na Ufal", destaca o professor Cressoni.