MST reúne 550 militantes na Ufal


07/01/2009 11h47 - Atualizado em 12/08/2014 às 23h52
context/imageCaption

Sementes produzidas nos assentamentos

O movimento sem-terra de Alagoas realiza durante esta semana, no ginásio poliesportivo da Ufal, o 17º Encontro Estadual, para avaliar as ações do ano anterior e planejar as do novo ano. Coordenadores de acampamentos e assentamentos de todo o Estado participam do Encontro.

Segundo um dos membros da coordenação estadual do MST, José Carlos, mais que uma confraternização, o encontro tem caráter formativo, pois através deste os militantes de base podem ter um nível de compreensão um pouco melhor sobre o papel do movimento e é também o momento de definir as linhas políticas.

Este ano tem uma comemoração especial na agenda do MST: o movimento comemora 25 anos, que serão celebrados no encontro nacional, de 20 a 24 de janeiro, no Rio Grande do Sul. Quarenta delegados de Alagoas vão participar do Encontro.

Durante o encontro, o MST homenagea as entidades e personalidades que contribuíram com o desenvolvimento do movimento sem-terra nesses 25 anos. Entre as entidades homenageadas estão a Comissão Pastoral da Terra e a Central de Movimentos Populares e entre as personalidades, o deputado Paulão e a ex-deputada Maria José Viana. O MST convidou a reitora Ana Dayse e comunidade acadêmica para participar da homenagem.