Projeto de Comunicação reúne narrativas visuais da quarentena

A proposta é contar em imagens as vivências do isolamento social por conta da pandemia de covid-19
Por Lenilda Luna - jornalista
22/06/2020 14h23
context/imageCaption

Estamos acompanhando, depois de mais de três meses de isolamento social, os dramas do isolamento social para o enfrentamento da pandemia de covid-19. O projeto de extensão coordenado pela professora Janayna Ávila, do curso de Jornalismo da Universidade Federal de Alagoas, pretende construir as narrativas visuais desse período.

A professora explica que a Labium Imagem é um projeto de extensão que consiste numa agência de fotografia e fotojornalismo do curso de Jornalismo da Ufal, agência laboratório do curso. “Foi criada em em 2016 com o propósito não apenas de tornar pública a produção de estudantes, mas também incentivar o pensamento através de imagens”, relata Janayna.

Janayna destaca ainda que são os próprios estudantes que propõem as pautas. “As sugestões são discutidas numa reunião, depois executadas. Em seguida, passamos à etapa de edição, que consiste na seleção de imagens e tratamento, para, enfim, publicação. O projeto Labium Imagem na Quarentena é um desdobramento desse projeto, e também é um projeto de extensão”, destaca.

A ideia de construir essas narrativas surgiu da situação que afeta toda a sociedade. “Estamos vivendo, tristemente, um momento completamente diferente na história, pelo menos nos últimos 100 anos. Uma pandemia, e ainda mais no Brasil, onde a situação parece completamente fora de controle, precisa ser documentada. E a fotografia é, sem dúvida, uma dos meios mais importantes para esse registro”, explica a professora.

O conjunto de imagens desse período, na concepção do projeto, pode contribuir para a reflexão “sobre as  emoções vividas, sobre solidariedade e, também, sobre um mundo que, pelo menos por enquanto, parece ter deixado de existir”, reflete Janayna. Ela acrescenta que qualquer estudante da Ufal pode participar e o projeto concede certificado com horas para a parte flexível, mediante inscrição no SIGAA.

As fotos estão sendo publicadas no site da Labium Imagem e também no perfil da agência no Instagram (@labiumimagem). “Sempre com os relatos de quem produziu as imagens. Entendo que é importante, utilizando a imagem como elemento principal, dar espaço para que estudantes falem sobre como estão vivendo esse momento tão difícil. ó ressaltamos que as fotos devem ser feitas com segurança, respeitando o isolamento e sem colocar em risco a própria saúde nem a saúde das outras pessoas”, ressalta Janayna.

O projeto recebe ensaios, preferencialmente em torno de 6 a 12 imagens, em preto e branco ou colorido, arquivo em jpg, que tenham como tema a quarentena em Alagoas. “A ideia é que a gente tenha uma cobertura abrangente desse período de isolamento social a partir da visão de estudantes. Pode ser tanto da rua onde mora, do bairro, da cidade, do trajeto para o trabalho,  se não pode ficar em casa, ou até mesmo de casa. As fotos devem ser enviadas com um texto curto, que fale do autor ou da autora”, finaliza a professora.

O material deve ser enviado para o email fotojornalismoufal@gmail.com .