Mecanização agrícola no setor sucroalcooleiro é tema de artigo

Trabalho foi indicado entre os melhores no 7º Encontro de Gestão de Pessoas e Relações de Trabalho
Por Pedro Ivon - estagiário de Jornalismo
14/07/2020 14h36
context/imageCaption

Professor Rodolfo Lima

O professor Rodolfo Lima, do curso de Administração Pública da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), Campus Arapiraca, a partir do seu trabalho de doutorado em Sociologia, escreveu um artigo em conjunto com a professora Milka Barbosa, da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade (Feac) da Ufal, voltado para as representações sociais dos trabalhadores sobre a modernização agrícola ocorrida nos canaviais alagoanos.

O trabalho visa compreender o processo de modernização entre os anos de 2008 e 2018. Este foi o ano em que Rodolfo iniciou seu doutorado na Universidade Federal de São Carlos.

“Com a mecanização da colheita, os canaviais têm passado por um processo de modernização mais intensa nos últimos anos. Tal processo se desdobra em inúmeras implicações, sobretudo para os trabalhadores”, explica o docente, que também afirma que o processo de mecanização no meio canavieiro impacta a saúde do trabalhador, bem como os ganhos de produtividade para a indústria e outros aspectos ligados a isso.

“A pesquisa surgiu para tentar compreender tal fenômeno por meio das representações que os trabalhadores desenvolvem sobre o novo contexto, marcado pela mecanização da colheita da cana-de-açúcar”, conta o docente.

O artigo

Apesar das pesquisas sobre o tema, os trabalhadores ainda não haviam sido escutados sobre esse processo de modernização, o que criava vários furos nos estudos sobre o assunto. Assim, no processo de pesquisa para o trabalho, o professor entrevistou empregados de uma usina de Alagoas, que apresentava no estado um alto índice de automatização agrícola nos canaviais.

Após ter as informações e escrever o artigo, a professora Milka fez a revisão do trabalho. A docente assinou o artigo junto com Rodolfo e ambos já haviam trabalhado juntos em outras produções acadêmicas.

De acordo com o professor de Administração Pública, o setor sucroalcooleiro possui uma grande influência na formação de Alagoas, tendo uma representação socioeconômica significativa, visto que, em 2018, uma média de 10% dos trabalhos formais de Alagoas estavam no setor em questão. Além disso, existem cidades alagoanas que possuem economias bastante impactadas pela renda da atividade canavieira.

“O resultado da pesquisa poderá, entre outros rendimentos, auxiliar a formulação de políticas públicas que possibilitem uma melhor adaptação dos diferentes atores que conformam o setor sucroalcooleiro de Alagoas à nova realidade advinda da mecanização dos canaviais no estado”, explica Lima.

Indicação de melhor trabalho

O 7º Encontro de Gestão de Pessoas e Relações de Trabalho, promovido pela Associação Nacional de Pós-graduação e Pesquisa em Administração (Anpad), que será realizado de maneira online em agosto deste ano, teve o artigo do professor Rodolfo como indicado a melhor trabalho do evento e será incluído em seus anais, podendo ser acessado aqui. O docente conta que seu primeiro sentimento ao saber da indicação foi de felicidade, tendo em vista o esforço para realizar uma pesquisa acadêmica.

“Receber notícia de que esse esforço foi reconhecido pelos seus pares, através da indicação ao prêmio, promove uma enorme satisfação”, diz Lima, que afirma que esse mesmo sentimento se transforma em energia para que ele siga trabalhando.