Ufal apresenta planejamento para compras e contratações em 2021

Documento atende ao Ministério da Economia
Por Simoneide Araújo - jornalista
16/06/2020 11h08 - Atualizado em 17/06/2020 às 14h24

Em atendimento às exigências do Ministério da Economia, a Universidade Federal de Alagoas finalizou o Plano de Aquisições e Contratações para 2021. O documento consolidado pela Pró-reitoria de Gestão Institucional (Proginst) está disponível no portal da Ufal e traz informações importantes sobre as necessidades, em termos de valores, previamente planejadas para o próximo ano. 

Isso significa que a Ufal conseguiu se organizar antecipadamente para realizar as licitações em 2021. A planilha disponibilizada foi elaborada a partir das demandas enviadas pelas Unidades Acadêmicas. O intuito do documento é adiantar as providências para atender a demandas de produtos e serviços identificados como prioritários pelas próprias UAs e pela gestão central da Ufal.

Para nortear o levantamento, a CPAI e CASS, coordenações da Proginst, realizaram reuniões individualizadas com as unidades acadêmicas e boa parte dos setores administrativos. Ao todo foram 27 encontros concretizados por webconferências no intuito de esclarecer e qualificar a definição das prioridades que estavam sendo levantadas.

Além de ter acesso ao relatório já consolidado, também é possível consultar os  itens registrados no Sistema de Planejamento e Gerenciamento de Contratações (PGC) do Ministério da Economia, órgão responsável por delinear a proposta orçamentária do governo federal. 

Outra novidade é que o Comitê de Governança da Ufal implementou, este ano, metodologia baseada em teto para licitações. E o que isso significa? Significa que foi definido valor seis vezes maior que o orçamento atualmente aprovado na Lei Orçamentária Anual (LOA). Com isso, a gestão da Ufal busca simplificar o processo,  aproximar o planejamento do orçamento e delegar às próprias unidades que requisitaram a compra a priorização dos produtos registrados.