Calendário acadêmico 2020 está suspenso por tempo indeterminado

Reitor aprovou resolução "ad referendum" do Conselho Universitário
Por Simoneide Araújo - jornalista
19/03/2020 08h24 - Atualizado em 19/03/2020 às 18h29
context/imageCaption

Josealdo Tonholo, reitor da Ufal

Em decorrência da situação de pandemia do coronavírus, o reitor da Universidade Federal de Alagoas, Josealdo Tonholo, aprova ad referendum do Conselho Universitário (Consuni) a suspensão do calendário acadêmico 2020 da Ufal. A Resolução 14-2020, emitida na quarta-feira (18), determinar também que as unidades acadêmicas, setores administrativos e empresas prestadoras de serviços elaborem e encaminhem plano de funcionamento para o estado de emergência no âmbito da instituição.

De acordo com o documento, o plano de funcionamento deve ser encaminhado à Pró-reitoria de Gestão de Pessoas e do Trabalho (Progep). Cada setor terá de elaborar seu plano e encaminhar para o e-mail secretaria@progep.ufal.br, até o próximo dia 20 de março, às 18h.

Para aprovar a resolução ad referendum o reitor levou em consideração o disposto na Instrução Normativa nº 19, do último 12 de março, do Ministério da Economia, na Instrução Normativa nº 20, de 13 de março – ME, na Instrução Normativa nº 21, de 16 de março – ME, o plano de contingência do covid-19 publicado pela própria Ufal, que ordena as ações da Universidade quanto às medidas administrativas, acadêmicas e comunicacionais que buscam prevenir o cenário epidemiológico atual, além da Portaria Nº 392, de 17 de março, que regulamenta o estado de emergência no âmbito da Ufal, em decorrência da pandemia do coronavírus. 

Leia abaixo a Resolução 14 - 2020 do Consuni