Professor de Penedo se torna conselheiro titular do ICMBio Costa dos Corais

Trabalho vai debater conservação na APA e soluções para problemas específicos; Posse foi em dezembro
Por: Pedro Ivon - estagiário de Jornalismo - 09/01/2019 às 09h20 - Atualizado em 08/01/2019 às 21h47
context/imageCaption

Professor Cláudio Sampaio, da Ufal em Penedo

O professor Cláudio Sampaio, da unidade de Penedo da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), foi empossado como conselheiro titular do ICMBio Costa dos Corais, representando a Ufal. A solenidade foi realizada no último dia 13 de dezembro.  O ICMBio envolve a Área de Proteção Ambiental (APA) Costa dos Corais, de Alagoas e Pernambuco, e a Reserva Biológica (Rebio) de Saltinho, em Pernambuco.

Anteriormente o cargo era ocupado pelo professor Vandick Batista, do Instituto de Ciências Biológicas e da Saúde (ICBS) do Campus A.C. Simões. Atualmente o docente do ICBS atua como suplente de Cláudio. O professor de Engenharia de Pesca e Licenciatura em Ciências Biológicas foi indicado pelo destaque no Programa Ecológico de Longa Duração (Peld) da APA Costa dos Corais, onde a Ufal desenvolve pesquisas com diversos alunos e professores, além dos integrantes do ICMBio e dos analistas ambientais.

No atual trabalho, Cláudio é convocado para as reuniões que acontecem a cada três meses, onde pautas são discutidas, avaliadas e votadas. “É um trabalho que também envolve a consulta de diversos colegas, porque eu estou representando a Universidade, então meu posicionamento não é pessoal”, disse o professor empossado. Durante as reuniões são discutidas as demandas encaminhadas para os conselheiros, que estão sempre buscando a compatibilidade da conservação e do desenvolvimento humano.

Além dessas atividades, um conselheiro também pode participar de Câmaras Temáticas e Grupos de Trabalho (GTs). “São câmaras temáticas voltadas para temas bem objetivos, como a pesca, a biodiversidade, então a gente participa também discutindo e buscando soluções para os problemas”, explicou Cláudio, que ainda está envolvido em GTs.

Segundo o docente de Penedo, o Conselho é importante porque a unidade de conservação, como APA, é bastante flexível, prevendo o zoneamento de sua área para distintas atividades humanas. Os conselheiros representam diversas partes da sociedade relacionadas à área de proteção ambiental.