Portal do Governo Brasileiro

Eleição para conselheiros da Ufal vai mobilizar servidores dos três campi

Votação será nesta quarta-feira ( 29) e cada eleitor poderá escolher até oito opções de chapas do Consuni para que o voto seja válido
Por: Diana Monteiro - jornalista - 28/08/2018 às 09h54 - Atualizado em 28/08/2018 às 10h53
context/imageCaption

Servidores votam em conselheiros nesta quarta-feira (29)

Docentes e técnicos administrativos da Universidade Federal de Alagoas escolhem nesta quarta-feira (29) os membros do Conselho Universitário (Consuni) e do Conselho de Curadores (Cura) para o biênio 2018-2020. Para a votação serão distribuídas 35 urnas contemplando os campi A. C. Simões, Arapiraca e do Sertão, incluindo espaços universitários como Reitoria, Espaço Cultural/Museu Théo Brandão, Usina Ciência/ Museu de História Natural(MHN) e Biblioteca Central (BC). 

A votação transcorrerá durante os três horários, com início às 9 h, à exceção do Hospital Universitário (HU), que começa às 7 h. “O encerramento da votação será às 20 h e às 16 h nas unidades acadêmicas onde não há cursos noturnos”, enfatizou Rômullo Santos, presidente da comissão e secretário dos Conselhos Superiores (Secs). Integram também a comissão eleitoral as servidoras Thaís Simões (técnica-administrativa) e Sandra Nunes (docente). 

Para o segmento docente estão na disputa 21 chapas e para o de técnico-administrativo são 18, com seus respectivos titulares e suplentes. Conforme procedimentos estabelecidos, cada eleitor poderá escolher até oito opções de chapas do Consuni para que o voto tenha validade. Caso assinale mais de oito opções o voto será considerado nulo. O voto é vinculado por chapa, ou seja, votando no titular, consequentemente votará no seu respectivo suplente. 

Serão considerados eleitores todos os servidores ativos (docentes e técnicos) integrantes do quadro permanente da instituição, conforme previsto no seu Regimento Geral. 

Orientação 

Também consta como procedimento divulgado pela comissão eleitoral que a votação será individual e secreta, com garantia de sigilo, e não é permitido o voto por procuração ou de aposentado. Cada eleitor receberá apenas uma única cédula, em cor diferenciada de acordo com a sua categoria. Para a identificação do eleitor é aceito qualquer documento com foto. Não estando o nome na listagem de votação de sua lotação, poderá ser incluído mediante comprovante de que seja servidor ativo da Ufal. 

Conforme os procedimentos, nos casos em que o eleitor não puder, por motivo justificável, comparecer à sua localidade de lotação para votar, o mesmo poderá utilizar o voto em separado, apenas nas seguintes localidades: Reitoria, campus fora de sede ou Unidades Educacionais. Cada direção de unidade acadêmica, de campus ou UE, será responsável pela prévia designação de mesários para atuar nos locais de votação, sendo proibida a utilização de membros das chapas, nesta condição. 

Outro procedimento é quanto às ocorrências. Aquelas consideradas relevantes deverão ser registradas em ata, conforme modelo a ser encaminhado à mesa receptora de votos. Encerrada a votação, caberá à mesa preencher a Ata da Eleição, realizar o lacre da urna e enviar, imediatamente, todo o material utilizado (urna, ata, lista de votantes e cédulas não utilizadas) à comissão eleitoral, instalada na Secretaria Executiva dos Conselhos Superiores (Secs), localizada no prédio da Reitoria- Campus A. C. Simões. A Secs procederá a apuração dos votos no dia seguinte, quinta-feira (30), com homologação e divulgação do resultado final, por meio de edital específico. 

Casos omissos e as questões de ordem serão resolvidos pela comissão eleitoral, conforme previsto no artigo 6º do Edital de Convocação nº 01/2018. 

Conheça os locais de votação 

As urnas no Campus A. C. Simões, uma por espaço universitário, estão assim distribuídas: Reitoria; Faculdade de Direito (FDA); Hospital Universitário (HUPAA); Superintendência de Infraestrutura (Sinfra); Faculdade de Letras (Fale); Escola de Enfermagem e Farmácia (Esenfar); Faculdade de Odontologia (Foufal); Faculdade de Nutrição (Fanut); Instituto de Ciências Atmosféricas (Icat); Instituto de Geografia, Desenvolvimento e Meio Ambiente (Igdema); Centro de Educação (Cedu); Instituto de Educação Física e Esporte (Iefe); Instituto de Matemática (IM); Instituto de Química e Biotecnologia (IQB); Instituto de Física (IF); Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade (Feac); e Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU). 

Ainda no Campus A. C. Simões são locais de votação: Instituto de Ciências Humanas, Comunicação e Artes (Ichca); Instituto de Ciências Sociais (ICS); Instituto de Psicologia (IP); Centro de Ciências Agrárias (Ceca); Instituto de Ciências Biológicas e da Saúde (ICBS); Faculdade de Serviço Social (FSSO); Faculdade de Medicina (Famed); Instituto de Computação (IC); Espaço Cultural/Museu Théo Brandão(MTB); Usina Ciência/Museu de História Natural (MHN) e Biblioteca Central (BC). 

Para a votação no interior foram destinadas seis urnas, que contemplam os dois campi com uma urna em cada unidade: Arapiraca (sede), Penedo, Viçosa, Palmeira dos Índios, Delmiro Gouveia (sede) e Santana do Ipanema.