Portal do Governo Brasileiro

Professor e aluno do IC conquistam premiação em evento nacional

Artigo publicado foi considerado o melhor no Workshop de Trabalhos de Iniciação Científica (WTIC) do 36º Simpósio Brasileiro de Redes de Computadores
Por: Cairo Martins - estagiário de Jornalismo - 21/06/2018 às 09h18 - Atualizado em 22/06/2018 às 15h20
context/imageCaption

Israel Vasconcelos e seu orientador André Aquino

O discente Israel Vasconcelos e o professor André Aquino, do Instituto de Computação (IC) da Ufal, receberam o prêmio de melhor artigo no Workshop de Trabalhos de Iniciação Científica (WTIC) do 36º Simpósio Brasileiro de Redes de Computadores (SBRC), organizado pela Sociedade Brasileira de Computação (SBC) e pelo Laboratório de Redes de Computadores (Larc). O trabalho intitulado Redução de dados em redes de sensores sem fio tolerantes a atrasos apresenta metodologia para avaliação de técnicas de amostragem e processamento de dados em redes de sensores. 

A pesquisa que vem sendo desenvolvida de forma contínua durante os últimos três anos investiga uma extensa lista de fatores de interferência nos ambientes de estudo, ambiental e urbano, que contribui com técnicas que proporcionam um funcionamento mais eficiente dessas aplicações. “As aplicações incluem monitoramento de áreas esparsas, detecção de eventos e controle de áreas de risco”, destaca o estudante Israel Vasconcelos. 

“É um reconhecimento de grande impacto para todos os envolvidos, e uma excelente forma de manter ciência, de estarmos avançando no rumo certo”, destaca o professor André Aquino. O SBRC é considerado o mais importante e concorrido evento científico em redes de computadores e sistemas distribuídos do país. O Simpósio conta com a presença de convidados renomados internacionalmente em suas atividades. 

O estudante ressalta que o tempo de aperfeiçoamento dos objetos de estudo foi determinante para o reconhecimento do trabalho. “Houve o tempo necessário para aprimorar todas as etapas do projeto e atingir um nível de maturidade que justifica os destaques que obtivemos durante seu desenvolvimento”, frisa. 

A premiação ocorreu entre 6 e 10 de maio deste ano, em Campos do Jordão-SP. 

Outras premiações 

Em 2017, os pesquisadores conquistaram o 2º lugar como o melhor trabalho de Iniciação Científica (IC) pela Sociedade de Matemática Aplicada e Computacional (SBMAC), no prêmeo Beatriz Neves e Odelar Leite Linhares, com o trabalho Monitoramento ambiental utilizando redes de sensores sem fio tolerantes a atrasos

Além das recentes premiações, eles também receberam reconhecimento em conferências internacionais. Um deles foi no 20º Simpósio em Computadores e Comunicações, do inglês The Twentieth IEEE Symposium on Computers and Communications, e na 7ª Conferência Internacional sobre Novas Tecnologias, Mobilidade e Segurança, do inglês New Technologies Mobility and Security, ambos em 2015. 

No ano anterior a premiação veio como melhor artigo Workshop de Trabalhos de Iniciação Científica e Graduação  na 14ª Escola Regional de Computação BA-AL-SE, com o trabalho Redução de Dados baseada em amostragem para Redes de Sensores sem fio com Tolerância a conexões disruptivas. Além de certificados de excelência acadêmica em encontros anuais de Iniciação Científica da Ufal, de 2014 a 2016.