Professor publica artigo internacional sobre influência do clima na Amazônia

Helber Gomes, do Icat, foi um dos autores de produção publicada na revista americana Science

05/02/2018 13h05 - Atualizado em 08/02/2018 às 12h47
context/imageCaption

Professor Helber Gomes, do Icat, publicou artigo na revista Science, dos Estados Unidos. (Fotos-Arquivo Pessoal)

Thamires Ribeiro – estagiária de Jornalismo

O professor Helber Gomes, do Instituto de Ciências Atmosféricas (Icat), foi um dos autores de um artigo publicado na revista Science, dos Estados Unidos, no mês de Janeiro. O texto foi elaborado em conjunto com outros cientistas e aborda como as partículas ultrafinas de aerossóis, que são provenientes de poluição atmosférica urbana e industrial, incêndios florestais e outras fontes, podem intensificar o desenvolvimento preciptação e nuvens convectivas, causadas pelo transporte de calor, sobre a região da Amazônia. 

Gomes alega que a poluição atmosférica urbana afeta os processos relacionados à formação de tempestades convectivas na Amazônia. De acordo com ele, “através de simulações numéricas detalhadas, foi possível mostrar como as partículas menores têm um poderoso impacto nas nuvens de chuva”. 

“Embora de tamanho pequeno, essas partículas são grandes em número e servem como uma plataforma sobre a qual pequenas gotas de água se congreguem e o excesso de vapor de água se condensa. Esta condensação melhorada libera mais calor, o que, por sua vez, faz com que as correntes ascendentes se tornem mais poderosas e, com isso, a nuvem acaba se desenvolvendo ainda mais na vertical, favorecendo o desenvolvimento de tempestades com raios”, explicou o professor. 

O estudo que originou o artigo conta com a participação de cientistas de diferentes estados do Brasil e países como China, Estados Unidos, Israel e Alemanha. Tendo o financiamento do Departamento de Energia dos Estados Unidos (DoE), Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam), entre outras instituições. 

O professor ressaltou a importância de ser um dos co-autores do artigo publicado numa revista de tal relevância. “Publicar em uma revista com alto fator de impacto é super gratificante, pois significa que o mesmo passou por um forte crivo dos editores e é considerado, na visão destes, um artigo impactante e de interesse para uma grande audiência”, relatou o docente. E complementou: “Poder contribuir para o entendimento das Ciências Atmosféricas com pesquisa de ponta em uma área específica da precipitação atmosférica, com um grupo seleto de pesquisadores nacional e internacional, é muito importante para a sociedade e a formação de novos pesquisadores”.

Além da publicação na Science, o professor já teve trabalhos publicados na Revista Brasileira de Meteorologia e na Advances in Meteorology. Na Ufal, o docente estuda a dinâmica dos movimentos atmosféricos através de modelos numéricos da atmosfera em várias escalas de tempo e clima, e busca entender o ciclo diurno da convecção nos trópicos. 

Clique aqui (http://science.sciencemag.org/content/359/6374/411) para ter acesso à publicação do artigo. 

Professor publica artigo internacional sobre influência do clima na Amazônia