Livro de poemas é a nova publicação de servidora da Ufal

A alagoana Sara Albuquerque já publicou três livros infantis e agora se aventura pelo mundo dos poemas com 'Sete centímetros de língua'

19/02/2018 10h08 - Atualizado em 22/02/2018 às 12h18
context/imageCaption

Arte de divulgação

Márcia Alencar – Jornalista

“Chamo esse livro de ‘grito de poemas’, com o objetivo de fazer um contraponto ao silenciamento infligido a nós, mulheres, por tantos anos”, diz a escritora Sara Albuquerque ao convidar a todos para o lançamento de seu quarto livro, que será nesta quarta-feira, 21 de fevereiro, às 19 h, no Rex Bar, localizado no bairro de Jaraguá, em Maceió.

Sara já é escritora há alguns anos no universo infantil, com três publicações: O segredo do rio Mundaú, Ei, você viu Luizinho? e O embrulho Misterioso de Nina. No novo livro, intitulado Sete centímetros de língua, ela conta que a mudança para o mundo dos poemas contém transformação pessoal. “É um berro de alivio, desespero/chamamento de uma voz lírica que busca se evadir a um estereótipo moralista lhe imposto tão somente pela condição de gênero, que pretende refletir sobre questões de padrão estético difundidas na sociedade, de aceitação do corpo, de sororidade, e principalmente, reiterar a denúncia da violência desenfreada que nos acomete todos os dias”, explica.

A obra surgiu no meio do mestrado em Escrita Criativa da Puc/RS que já estuda há mais de um ano. “Pensei em guardá-lo na gaveta por mais tempo, mas surgiu a oportunidade de publicação pela Editora Patuá e arrisquei”, relata a escritora alagoana apostando que esse pode ser o primeiro de muitos.