Progep realiza seminário sobre assédio moral

Tema será abordado por vários especialistas
02/05/2016 às 12h30 - Atualizado em 05/05/2016 às 09h26
context/imageCaption

Evento está com inscrições abertas

Lenilda Luna - jornalista

Segundo o site Assedio.org, o assédio moral é "a exposição dos trabalhadores e trabalhadoras a situações humilhantes e constrangedoras, repetitivas e prolongadas durante a jornada de trabalho e no exercício de suas funções, sendo mais comuns em relações hierárquicas autoritárias e sem simetrias(...)”. Na prática, essa situação ainda é sub notificada porque muitos trabalhadores não sabem como agir.

Já o site Consultor Jurídico informa que o assédio moral contra servidor público foi classificado como improbidade administrativa em uma decisão judicial. "Embora trabalhadores da iniciativa privada sejam mais vulneráveis a esse tipo de abuso, a estabilidade no emprego dos servidores públicos não impede o assédio, seja moral ou sexual", esclarece o texto da jurisprudência.

Seminário na Ufal

Para debater essa questão complexa, a Pró-reitoria de Gestão de Pessoas (Progep) realiza, no dia 10 de maio, a partir de 8h30, no auditório do Centro de Interesse Comunitário (CIC), o 1º Seminário de Prevenção e combate ao Assédio Moral na Ufal. Podem participar servidores técnicos e docentes (Ufal e Ebserh). A programação será iniciada com uma mesa composta por Samuel Correia, coordenador do seminário; Rosineide Duarte, coordenadora de Qualidade de Vida no Trabalho (CQVT); Carolina Gonçalves, pró-reitora de Gestão de Pessoas; e pelos representantes do Sintufal, Adufal e Atufal.

Em seguida, haverá uma palestra intitulada Assédio Moral e suas implicações legais, proferida por George Sarmento, doutor em Direito. Depois será realizada a mesa redonda com uma abordagem multidisciplinar sobre o tema, coordenada pelo psicólogo Flávio José Fernandes, com a participação de Gerson Odilon, professor da Faculdade de Medicina (Famed); Patrícia Vieira, psicóloga; e Maria Zélia Araújo, enfermeira.

A programação será finalizada com a apresentação do Projeto de Prevenção e Combate ao Assédio Moral na Ufal, que será feita pela assistente social Maria da Conceição Clarindo, que integra a Coordenação de Qualidade de Vida no Trabalho.

As inscrições podem ser feitas aqui.