Faculdade de Arquitetura e UE de Viçosa recebem novos professores

Paisagismo e medicina preventiva são as áreas de atuação dos docentes
17/05/2016 às 14h26
context/imageCaption

Docentes fazem juramento ao Código de Ética do Servidor Público. Foto: Thiago Prado

Thâmara Gonzaga – jornalista 

Flávia de Sousa Araújo e Sílvio Gomes de Sá são os dois novos docentes da Universidade Federal de Alagoas empossados, nessa segunda-feira (16), em cerimônia realizada no Gabinete da Reitoria.

Natural de Belém do Pará, com doutorado em Planejamento Urbano e Regional pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), a professora Flávia já é conhecida pelos estudantes da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU) do Campus A.C. Simões, em Maceió.

Ela trabalhou na unidade como substituta, durante dois anos, e, agora, assume como servidora efetiva. “É uma honra fazer parte dessa equipe. Meu contrato estava para terminar no próximo dia 30 de maio, mas fui nomeada antes do fim. Darei continuidade ao meu trabalho e expandirei minha atuação para a pesquisa e a extensão. Deu tudo certo”, comemorou.

Além das aulas na área de Paisagismo no curso de Arquitetura, Flávia também auxiliará as atividades da graduação em Design.

Sílvio Gomes de Sá foi lotado na Unidade de Ensino de Viçosa, ligada ao Campus Arapiraca, onde irá trabalhar nas áreas de medicina preventiva, zoonoses, sanidade de aves e suínos, bioética e bem-estar animal. Natural de Recife, o doutor em Biociência Animal pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) chega com muitas expectativas para empreender um trabalho que alavanque novas parcerias e promova o desenvolvimento regional.

“Para mim é um prazer, uma honra fazer parte do quadro da Ufal. Abracei o ensino, a pesquisa e a extensão como projeto de vida, minha vocação. Quero atuar voltado para a produção familiar e o pequeno produtor, no intuito de agregar valor ao que ele produz, de modo a gerar emprego e renda, ajudando o homem do campo a se firmar”, argumentou.

O docente também lembrou da importância da produção em larga escala, mas defendeu a necessidade de atender a uma demanda social. “A base do crescimento em Alagoas é rural e Viçosa tem muitas potencialidades, é o município alagoano que mais produz suíno no estado. É preciso reunir forças para colocar em evidência esses potenciais”.

Em suas palavras, Sílvio ressaltou que a área de atuação do médico veterinário vai além do cuidado do cão e do gato, e que tem uma imensa responsabilidade com a preservação da saúde humana. “É crescente a preocupação mundial com a origem dos alimentos. As pessoas querem saber como é produzido aquilo que se come. Tudo que é de origem animal e chega à mesa da população deve passar por esse profissional”, destacou.

Ele ainda elogiou a existência da disciplina Bem-estar Animal e Bioética na grade curricular do curso da UE de Viçosa. “A Medicina Veterinária da Ufal é pioneira nesse tema e sai na frente em relação a outras instituições, uma vez que a matéria não é ofertada em muitos cursos”.

Ao recepcionar os novos servidores, a reitora Valéria Correia falou sobre a alegria em recebê-los e elogiou a postura dos professores ao se comprometer com os pilares da instituição. “Defendemos uma Universidade socialmente referenciada e vejo, Sílvio, que sua proposta de trabalho vem ao encontro dessa missão. Já a Flávia, trouxe-me muito forte a ideia de pertencimento à Ufal”, disse a reitora ao pedir empenho dos docentes para passar por esse momento turbulento que o país vive. “Precisamos de profissionais comprometidos com a universidade pública”, disse.

A cerimônia contou com as presenças do chefe de Gabinete, Fernando Medeiros; do superintendente da Sinfra, Márcio Barboza; do assessor de Intercâmbio Internacional (ASI), Aruã Lima; e do diretor do Departamento de Pessoal (DAP), Frederich Ebrahim.