Novos servidores reforçam atividades nos campi da Ufal em Maceió e Arapiraca

Em menos de quatro anos foram empossados cerca de 400 servidores docentes e técnico-administrativos

21/05/2015 15h17 - Atualizado em 25/05/2015 às 15h59
context/imageCaption

Juramento dos servidores durante solenidade de posse

Diana Monteiro - jornalista

Mesmo sendo rotineira a solenidade de posse na Universidade Federal de Alagoas, cada realização é sempre motivada pela emoção para quem chega e seus familiares e para a instituição, que comemora a ampliação de seus quadros. De 2012 até meados deste mês, tomaram posse cerca de 400 servidores que atendem à demanda de crescimento das atividades acadêmicas e administrativas nos campi da capital e interior.

Na última quarta-feira (20), o reitor Eurico Lôbo empossou mais oito servidores, sendo quatro docentes lotados na sede do Campus Arapiraca e as unidades de ensino de Viçosa e Penedo. Desejando boas-vindas aos novos servidores e parabenizando-os pela conquista, o reitor destacou a importância do trabalho engajado e com responsabilidade principalmente no momento delicado que passa a Ufal, enquanto instituição de ensino superior, devido à redução de recursos.

Para muitos servidores, alcançar o grande sonho, chegar à Ufal, ao tempo que parecia ser uma difícil missão, tornou-se uma realidade a partir de dedicação, empenho e vontade de vencer, sem esquecer o apoio familiar, considerado por muitos, fundamental.

“Foi um caminho longo para percorrer, até geograficamente, mas me sinto gratificada para esse novo caminho na minha vida, pois estou onde quis chegar”, enfatizou Auceia Matos Dourado, oriunda do Munícipio Lapão-BA. Ela foi empossada para a Unidade Penedo. Para o engenheiro civil Esdras Jonathan Honorato Costa, lotado no campus A.C. Simões, em Maceió, a Ufal é a sua segunda casa. Graduado na instituição, atualmente ele cursa o mestrado em Estruturas no Centro de Tecnologia (Ctec).

Mas não há como medir a emoção de pais que já fazem parte da Ufal e têm a satisfação de ver seus filhos começarem a fazer a trajetória profissional na mesma instituição. Uma trajetória marcada por etapas de vida: “Sou da Ufal desde a creche [Núcleo de Desenvolvimento Infantil – NDI], onde minha mãe me deixava para poder trabalhar e aqui fiz a minha graduação em Direito”, disse o assistente em administração Luiz Phillipe de Oliveira Martins. Ele é filho de Alda Martins, professora do curso de Odontologia, e de Tarcísio Martins, docente do Centro de Ciências Agrárias (Ceca).

 A emoção estava também estampada no semblante da servidora Maria dos Santos, ao participar da posse da filha Lívia Vanessa dos Santos Feitosa que ficará lotado no mesmo setor que ela, o Departamento de Administração de Pessoal (DAP). “Esse é o primeiro concurso que ela foi convocada para tomar posse, dentre outros que foi aprovada”, disse a mãe orgulhosa e realizada com a vitória da filha.