Ufal implanta novo Sistema Acadêmico

Em substituição aos atuais sistemas, o SIGAA terá informações de todos os processos acadêmicos da Universidade
26/09/2014 às 16h00 - Atualizado em 26/09/2014 às 20h05
context/imageCaption

Equipe do NTI responsável pelos trabalhos do novo sistema acadêmico

Deriky Pereira – estudante de Jornalismo

A Universidade Federal de Alagoas (Ufal) está implantando um novo sistema que contemplará as necessidades de diversas áreas acadêmicas. Trata-se do Sistema Institucional Integrado de Gestão Acadêmica (SIGAA) que armazenará informações relacionadas a diversos processos acadêmicos da Universidade e substituirá os atuais Sieweb, Pibic [Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica], entre outros.

Além do Núcleo de Tecnologia da Informação (NTI), as Pró-reitorias de Graduação (Prograd), de Pesquisa e Pós-Graduação (Propep), de Extensão (Proex) e Estudantil (Proest) estão envolvidas nesse processo. De acordo com o coordenador de sistemas do NTI, Luiz Cláudio Júnior, áreas como extensão, lato e stricto sensu e formação complementar são algumas das que serão beneficiadas pelos diversos módulos disponibilizados pelo SIGAA.

O novo sistema permitirá um melhor gerenciamento das informações relacionadas à vida acadêmica dos alunos, além de uma maior comodidade aos corpos discente e docente, que, por meio do seu respectivo portal, poderá acessar operações relativas ao ensino, à pesquisa e à extensão; tudo isso em um único ambiente que é seguro e que possui uma interface amigável”, explicou Luiz Cláudio, complementando que as pró-reitorias e unidades acadêmicas também poderão automatizar diversos processos acadêmicos. “Isso é um ganho para a Universidade e proporcionará um valioso avanço”, disse o analista.

Portais para discentes e docentes

O novo sistema terá amplas funcionalidades para discentes e docentes. Aos alunos, além dos já conhecidos serviços relacionados ao ensino, como efetuar sua própria matrícula, consulta de notas, emissão de histórico analítico e declaração de vínculo, ver informações sobre seu curso e componente curricular, estarão disponíveis mais informações por meio de um Portal Discente, implantado no SIGAA.

Várias funcionalidades acadêmicas serão disponibilizadas para os estudantes, tais como o acesso de operações relativas ao ensino, à pesquisa e à extensão, criar e participar de fóruns de seus cursos, além de solicitar bolsa auxílio-alimentação e moradia, consultar a produção intelectual dos professores, as defesas de pós-graduação e comunicar-se com a coordenação de seu curso”, complementou o analista.

O Portal Docente reúne informações relativas aos professores em suas atividades acadêmicas, como ensino, pesquisa, extensão ou monitoria. “Além disso, também permitirá que o professor cadastre informações relativas a sua produção intelectual, gerencie suas turmas e acesse os portais aos quais tenham permissão, sejam coordenadores de graduação, de cursos lato e stricto sensu, extensão etc.”, explicou.

O diretor do NTI, Alan Pedro da Silva, destacou o empenho de todo o time NTI e pró-reitorias no trabalho de implantação do novo sistema. "Estamos todos de parabéns; o empenho dos nossos analistas e colaboradores das diversas unidades da universidade é notório e é isso que fará com que obtenhamos sucesso", explicou Alan.

Público participará de capacitação

Ainda segundo o analista, para cada módulo do SIGAA a ser implantado, será realizada uma capacitação por meio da Pró-reitoria de Gestão de Pessoas e do Trabalho (Progep). “Todos os envolvidos deverão seguir o calendário proposto pela Progep, que publicizará o cronograma das diversas turmas, montadas para atender a toda demanda da Universidade. Além do treinamento, manuais dos sistemas serão publicados em um ambiente simples e intuitivo aos docentes, discentes, gestores”, finalizou Luiz Cláudio.