Apala oferta curso gratuito para alunos de Medicina e Enfermagem

Será nos dias 6 e 7 deste mês, sobre Diagnóstico Precoce do Câncer Infantojuvenil
Por Ascom Apala
01/10/2021 11h41 - Atualizado em 01/10/2021 às 11h41

A Associação dos Pais e Amigos dos Leucêmicos de Alagoas (Apala), instituição que presta serviços para crianças e adolescentes com câncer e adultos com leucemia, promove nos dias 6 e 7 deste mês, o curso de capacitação sobre Diagnóstico Precoce do Câncer Infantojuvenil. A atividade é gratuita e essa será a última turma desse ano.

O curso vai ofertar 40 vagas e acontece no horário das 14h às 17h. A capacitação será no formato on-line, pela plataforma do Zoom, sendo disponibilizado certificado de participação para aqueles que atingirem a carga horária mínima. Para efetuar a inscrição o aluno deverá preencher seus dados neste link.

A capacitação é parte integrante do projeto Quanto Mais Cedo, Melhor! e é realizada em parceria com o Instituto Ronald McDonald. Na edição deste ano, a atividade será ofertada para estudantes de graduação de qualquer período dos cursos de Medicina e Enfermagem, de faculdades públicas ou privadas, e também para residentes na especialização em Pediatria de qualquer instituição de ensino superior de Alagoas.

O objetivo da iniciativa é fazer com que os estudantes e profissionais da área de saúde possam suspeitar e identificar mais precocemente os sinais e os sintomas do câncer em crianças e adolescentes, realizando um encaminhamento mais ágil aos serviços especializados. Com isto, busca-se reduzir o tempo entre o aparecimento dos sintomas e o diagnóstico da doença, aumentando sensivelmente a expectativa de cura dos pacientes, que pode chegar a 80% de chances de cura.

Desde sua implantação, o Programa de Diagnóstico Precoce do Câncer Infantojuvenil capacitou mais de 26 mil profissionais da Atenção Básica de Saúde, 703 estudantes e 39 residentes, em 204 municípios de 14 estados, alcançando a cobertura de quase 11 milhões de crianças e adolescentes.

A Apala participa do Programa desde a sua fase piloto e, em Alagoas, já capacitou mais de 3.200 profissionais e 34 acadêmicos de Medicina e Enfermagem até o ano de 2020.

Para mais informações, entrar em contato com a Apala, na Coordenação Técnica da instituição pelo (82) 2122-9400 e pelo e-mail projetos@apala.org.br .