Pesquisa da Pedagogia discute os sentidos da Universidade

Questionário está disponível on-line para toda comunidade acadêmica
Por Jacqueline Freire – jornalista
23/06/2020 16h49
context/imageCaption

O que é a Universidade? Uma pesquisa realizada pelo Centro de Educação da Ufal tentará responder esta e outras perguntas sobre qual o sentido de Universidade construído por estudantes e professores. Coordenado pela professora Mônica Patrícia da Silva Sales, o projeto vinculado ao Programa de Iniciação à Pesquisa Científica (Pibic) é intitulado Sentidos de Universidade: uma análise das representações sociais construídas por professores e estudantes.

Iniciada no ano passado, a pesquisa foi ampliada com a pandemia, para que a coleta de dados pudesse ser realizada também virtualmente. Para a professora Monica Sales, o papel da pesquisa é importante para pensar a função social e identificar a pertença dos sujeitos ao espaço público da Universidade e suas práticas. ‘”A pesquisa deve nos ajudar a pensar a partir das pertenças dos estudantes e professores que sentido tem esse espaço e que contribuições ajudarão a construir novos significados para a universidade”.

O objetivo da pesquisa é compreender as representações sociais de universidade construídas por professores e estudantes de Pedagogia da Universidade Federal de Alagoas. Com o apoio dos estudantes de Pedagogia Leiliane Silva, Ericles Vitor, Heloisa Bezerra e Erichelly, o estudo deve ajudar a compreender o modo como as pessoas se envolvem academicamente com o espaço universitário e lidam com as relações no ambiente.

“Hoje a universidade, sobretudo no contexto da pandemia, se questiona muito para que serve a universidade. Nossa pesquisa quer pensar para que serve a universidade hoje. Esperamos colaborar para pensar novos significados e reforçar aqueles sentidos que são mais importantes para o grupo e que os fazem se sentir pertencentes ao espaço”, conclui a professora.

Para participar da pesquisa, basta acessar o link.

Mais informações no email: trs.pibic@gmail.com.