Prograd fala de suspensão do estágio obrigatório no isolamento do covid-19

Com relação ao estágio remunerado, fica a critério das empresas onde os estagiário realiza as atividades
Por: Lenilda Luna - jornalista - 25/03/2020 às 16h36 - Atualizado em 31/03/2020 às 16h30

Diante da suspensão das atividades acadêmicas, determinada no Plano de Contingência do Covid-19 da Ufal, a Prograd e nota para informar sobre a situação dos estágios. Segundo a nota, em consonância com a resolução Nº 14 2020, aprovada pelo Conselho Universitário (Consuni), em 18 de março, suspendendo o calendário acadêmico, os estágios obrigatórios também estão suspensos.

 A Prograd ressalta na nota que está “comprometida com o bem-estar individual e coletivo dos docentes e discentes, da comunidade externa atendida pelos diversos serviços do Sistema Único de Saúde (SUS), corroborando com a necessidade de atenção às normas de proteção e às orientações da Organização Mundial de Saúde e do Ministério da Saúde.

 Já os estágios não obrigatórios, que são cumpridos pelos estudantes em empresas de comunicação, mediante remuneração, a nota esclarece que “estes não seguem o calendário acadêmico e, neste sentido, a Universidade não tem como intervir na suspensão das atividades desses estágios”. O Contingenciamento e a liberação do estudantes, portanto, deve ser determinada pela empresa.

Leia a nota abaixo e ouça a entrevista da gerente de Estágios, Geiza Ferreira, aqui.