5º Encontro do Pibid lota auditório com professores e alunos da Ufal

A programação da manhã contou com uma palestra e rodas de conversa com as diversas áreas do conhecimento
Por: Pedro Ivon - estagiário de Jornalismo - 09/08/2019 às 15h01
context/imageCaption

Professora Lúcia de Fátima Santos

O 5º Encontro do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (Pibid) aconteceu nesta sexta-feira (9), no auditório Vera Rocha, localizado no antigo Centro de Saúde (Csau) da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), Campus A.C. Simões. O período da manhã do evento foi composto pela composição da mesa de abertura, pela palestra da professora Lúcia de Fátima Santos e por Rodas de Conversa relacionadas às mais diversas áreas do conhecimento, desde as Humanas até as Biológicas.

A mesa foi composta pela já mencionada professora Lúcia, pela professora e pró-reitora de graduação, Sandra Paz, que estava representando a reitora Valéria Correia. Também estavam integrando a mesa a Coordenadora Institucional do Pibid, Danielle Araújo e a Coordenadora de Desenvolvimento Pedagógico da Pró-reitoria de Graduação (Prograd), Suzana Barrios.

“O Pibid tem um compromisso fundamental com a escola de educação básica”, disse Sandra Paz, que também afirmou que “universidade sem escola se torna um espaço muito chato, muito sem vida, sem trazer reflexões que são fundamentais para a construção do conhecimento científico, intelectual, da produção da ciência”.

A palestra inicial, que antecedeu as rodas de conversas, foi ministrada pela professora Lúcia e teve o tema Pibid: estado da arte, possibilidades e perspectivas. A programação da tarde contou com diversas oficinas temáticas com temas direcionados a diferentes cursos, como Sociologia, Educação Física, Letras, Geografia, Matemática etc.

Prestação de contas”

Segundo Danielle Araújo, o 5º Encontro do Pibid se trata de uma forma de mostrar para a comunidade da Ufal o que vem sendo desenvolvido nas escolas. “Os professores coordenadores de área, os supervisores e os estudantes é que fazem acontecer, com atividades de rodas de conversa onde estaremos disseminando tudo o que foi colaborado até agora”, informou a coordenadora institucional.