Aluna da Ufal é selecionada para a Escola Latino Americana de Cronobiologia e Sono

Escola acontecerá de 1 a 11 de outubro no Uruguai
Por: Janyelle Vieira - estudante de Jornalismo - 10/07/2019 às 08h20 - Atualizado em 09/07/2019 às 15h16
context/imageCaption

Mayara Rodrigues

A aluna Mayara Rodrigues do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde (PPGCS) da Ufal e membro do Centro de Medicina Circadiana (CMC), coordenado pelo professor Tiago de Andrade da Faculdade de Medicina (Famed), foi selecionada para Escola Latino Americana de Cronobiologia e Sono que antecede o XV Simpósio Latino Americano de Cronobiologia (Latin American Symposium on Chronobiology - LASC 2019). A doutoranda foi selecionada para uma das 30 vagas da escola que realiza sua primeira edição. O edital contemplava estudantes de doutorado e pós-doutorado.

A pesquisa selecionada é parte da tese de doutorado de Mayara e concentra-se em compreender como o ritmo biológico e as variações graduais de fotoperíodo modulam a tomada de decisão e comportamentos associados aos transtornos psiquiátricos, ou seja, como a variação no tempo de exposição à luz, variando ao longo das estações do ano, é capaz de modular áreas cerebrais envolvidas com a tomada de decisão, que tem sido comprometida em pacientes com transtornos psiquiátricos e principalmente, com tentativa de suicídio.

No estudo em questão, a perspectiva é de aprofundar os mecanismos moleculares e fisiológicos envolvidos com estes transtornos e contribuir para diagnósticos mais objetivos e tratamentos mais direcionados. A escola tem como objetivo oferecer palestras e treinamentos práticos em cronobiologia aos selecionados. Além dos cursos teóricos e práticos, os alunos deverão apresentar os resumos aprovados aos pesquisadores em um formato de 'data blitz', apresentações orais e breves para discussão e enriquecimento das pesquisas.

“Submetemos o resumo e toda documentação necessária dentro do prazo previsto. Com uma imensa alegria e satisfação recebemos a aprovação. É uma oportunidade de internacionalização das nossas pesquisas, além da oportunidade de dialogar com pesquisadores renomados da América Latina e de vários outros países do mundo. Este contato e experiência será fundamental para a ampliação da internacionalização de nossas pesquisas desenvolvidas no Centro de Medicina Circadiana da Faculdade de Medicina”, afirma Mayara.

Mayara Rodrigues é bióloga formada pela Universidade Federal de Alagoas, Campus Arapiraca, mestra em Ciências da Saúde pelo Instituto de Ciências Biológicas e da Saúde (ICBS) da Ufal e atualmente desenvolve o projeto de doutorado, também no ICBS, na linha de pesquisa Neurociência Clínica e Experimental. A doutoranda conta que desde a Iniciação Científica em 2011 desenvolve pesquisas no Centro de Medicina Circadiana sob orientação do professor Tiago Gomes de Andrade. “É com muito orgulho e muita honra que representarei nossa UFAL e nosso grupo de pesquisa do Centro de Medicina Circadiana da Famed nesta oportunidade de escola e congresso. Além disto, todos os conhecimentos adquiridos e possíveis novas parcerias, serão investidos para o avanço de nossas pesquisas em nossa Universidade e nosso estado”, conta Mayara.

O XV Simpósio Latino Americano de Cronobiologia (Latin American Symposium on Chronobiology - LASC 2019) acontecerá no Uruguai no mês de outubro.