Vôlei feminino da Ufal conquista segundo lugar na Liga Alagoane-se

Equipe agora vai focar na participação nos Jogos Universitários Federais
Por Deriky Pereira - jornalista colaborador
03/06/2019 13h25 - Atualizado em 03/06/2019 às 14h08
context/imageCaption

A capitã Bárbara Dantas comemora a conquista da equipe

Numa partida bastante disputada, a equipe de voleibol feminino da Universidade Federal de Alagoas (Ufal) conquistou o segundo lugar na final da Liga Alagoane-se. As meninas jogaram na manhã do último sábado (1º), contra a equipe Volleystars, na quadra do Instituto Federal de Alagoas (Ifal), em Maceió eno sentimento da equipe é de orgulho por chegar entre os melhores.

“Fiquei muito feliz com o resultado da equipe, acredito que esse seja um sentimento coletivo, porque sabemos das nossas dificuldades e o quanto superamos para chegar ao pódio. Tenho certeza de que esse é o início de um novo ciclo para o voleibol na Universidade, e a tendência é melhorar!”, revelou a capitã da equipe feminina, Bárbara Dantas.

O técnico Erivelton Santos fez uma análise da partida. “Conseguimos iniciar muito bem o primeiro set, nos mantendo sempre a frente da equipe do Volleystars, mas na reta final tivemos dificuldade em finalizar nossos ataques e acabamos perdendo por 25 a 22. No segundo, nossa equipe apresentou dificuldade na recepção, o que dificultou o nosso side-out [recepção, distribuição de bola e ataque] e, com isso deixamos escapar e perdemos. Já no terceiro set, que seria o da sobrevivência, conseguimos boa reação diminuindo a diferença de 8 pontos na reta final, mas infelizmente não foi suficiente para ganhar, visto que, ao meu ver, a experiência da outra equipe fez a diferença, fechando o set em 25 a 23”, explicou.

O apoio ao esporte e os próximos passos da equipe

Agora, as meninas seguem com força total nos treinamentos e em busca de mais um importante objetivo: a participação nos Jogos Universitários Federais (JUFs), previsto para acontecer em Salvador no mês de novembro. O técnico Erivelton Santos reforçou, mais uma vez, o apoio da Universidade no incentivo ao esporte.

“Vale ressaltar que tudo isso está sendo possível graças ao esforço e incentivo da Proest [Pró-reitoria Estudantil], com a pró-reitora Silvana Medeiros, com o professor Eriberto Lessa e com a Tatiana Luz [ambos da Gerência de Esportes], e todos os envolvidos com o esporte na Ufal. Gostaria também de agradecer ao Instituto de Educação Física e Esporte [Iefe], na pessoa da professora Leonéa Santiago, pelo apoio e incentivo ao esporte na Universidade. Vamos continuar treinando e evoluindo para chegar aos JUFs ainda mais fortes”, salientou.

A capitã do time também agradeceu o apoio dos atletas do vôlei masculino e da torcida presente a cada partida. “Agradeço a cada pessoa que participou direta e indiretamente desse resultado, ao Rafael Simplício [atleta do vôlei masculino e profissional de Educação Física] que esteve presente nos treinos quando não era possível o nosso técnico estar, aos meninos do time masculino de voleibol da Ufal que nos ajudam muito nos treinos e nos incentivam demais, além da nossa torcida que esteve presente nas vitórias e derrotas do campeonato”, frisou Bárbara.

Sobre a Liga

A Liga Alagoane-se foi criada com o objetivo de divulgar, promover e dar oportunidades aos atletas do Estado que não conseguem participar de competições. No total, foram três meses de partidas, seis rodadas, 12 times e mais de 300 atletas nos jogos.