Portal do Governo Brasileiro

Estudantes recebem premiação regional da Olimpíada Brasileira de Matemática

Dos 87 premiados, 82 são estudantes da rede pública de ensino nas esferas municipal, estadual e federal
Por: Pedro Ivon – estagiário de Jornalismo - 30/08/2018 às 13h32 - Atualizado em 30/08/2018 às 13h35
context/imageCaption

Solenidade de premiação regional da Obmep. Fotos: Renner Boldrino

Foi realizado, na manhã desta quarta-feira (29), a premiação regional da 13ª Olimpíada Brasileira de Matemática (Obmep), no auditório da Reitoria da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), Campus A.C. Simões. Entre os presentes no evento estavam o vice-reitor José Vieira, o diretor do Instituto de Matemática (IM) da Ufal, Isnaldo Barbosa e o coordenador regional da Obmep, Adelailson Peixoto. 

 “É importante reconhecer talentos e estimular estudos, principalmente nessa área tão decisiva que é a questão dos estudos da matemática”, destacou José Vieira sobre a premiação. E continuou: “A Ufal, numa oportunidade como essa, se sente honrada. A instituição entende que estamos cumprindo o nosso papel e é o nosso dever estimular, participar e prestigiar solenidades como essa”.

A Obmep em Alagoas foi organizada pelo IM, que além dessa ação, também desenvolve programas de treinamento, como o de Iniciação Científica (PIC), o Olímpico de Treinamento Intensivo (Poti) e o de Iniciação Científica e Mestrado (Picme), bem como oficinas de formação de professores. “Esse ano o Instituto de Matemática criou outra atividade, que eu estou coordenando, conhecida como Poema [Polo Olímpico Estadual de Matemática], que é uma parceria com a Secretaria de Educação”, declarou Isnaldo.

A 13ª edição da Olimpíada Brasileira de Matemática foi a primeira que teve a participação de escolas privadas. Durante a cerimônia de premiação, professores e escolas dos diversos municípios de Alagoas foram contemplados com troféus e materiais didáticos. A entrega das medalhas de bronze e prata antecederam a premiação dos medalhistas de ouro. Foram 75 de bronze, das quais 72 para alunos de escolas públicas e três para estudantes da rede privada. E dos oito alunos que ganharam medalhas de prata, sete estudam em escolas públicas.

Dentre os ganhadores das medalhas de ouro estavam o estudante João Rafael, do Colégio Santa Ursula Ltda e os alunos Jonatas Marinho, Leonardo Silva e Rafael do Nascimento, do Instituto Federal de Alagoas (Ifal), Campus Maceió.